ANA abre consulta pública para elaboração de documento com atualização de normas regulatórias no setor de saneamento

Até 25 de outubro, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realiza uma consulta pública para colher sugestões para a construção da agenda regulatória da instituição, documento que trata de normas de referência da entidade para o saneamento entre 2020 e 2022. 

Antes de contribuírem com a elaboração da agenda regulatória, os interessados devem acessar uma nota técnica publicada pela agência, que contém um esboço da portaria sobre o assunto. 

A diretora-presidente da ANA, Christianne Dias Ferreira, afirma que o documento a ser elaborado vai trazer mais segurança jurídica em relação às diretrizes da entidade, principalmente após a aprovação do marco legal do saneamento básico

“A agenda regulatória é um importante instrumento de planejamento, que indica o nível de prioridade que iremos tratar determinados temas. Ela traz mais previsibilidade, transparência e, sobretudo, eficiência”, explica a superintendente. 

Estudo aponta que marco do saneamento pode aprimorar modelo de gestão entre municípios

MDR regulamenta Comitê Interministerial do Saneamento Básico no Brasil

80% dos municípios estão adotando medidas para levar água de qualidade para sua população

A consulta visa adequar as atribuições da agência com o marco Legal do Saneamento Básico, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em julho deste ano. Por conta da nova legislação no setor, a ANA passou a ter a atribuição de editar normas de referência, com diretrizes para a regulação dos serviços públicos de saneamento no Brasil.

Segundo a diretora-presidente da agência, a elaboração do documento contou com a participação de diversos membros do setor de água e saneamento. “Nós fizemos reuniões com entidade e associações do setor. Foram 15 encontros após a aprovação do marco legal do saneamento, em que discutimos os temas que seriam prioritários.”

Os interessados em participar da consulta pública devem enviar sugestões para o site https://participacao-social.ana.gov.br/Consulta/82. Para demais esclarecimentos sobre as atribuições da Agência Nacional de Águas, acesse www.ana.gov.br/saneamento.

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Leia mais

Forças Armadas reforçam fiscalização e segurança na Amazônia Legal

Quase R$ 4 milhões foram aplicados em multas durante fiscalizações no dia 2 – Foto: ...

Coronavírus: Brasil tem novo recorde com 7.218 casos em 24 horas

Nesta quinta-feira 30, o Brasil bateu um novo recorde no número de novos casos confirmados por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Foram 7.218 casos registrados...

URGENTE: REVELADO que não há espaço para prorrogação do auxílio de R$600

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia,...

Bolsonaro vai à Índia assinar contratos comerciais e tecnológicos

O secretário de Negociações Bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia do Itamaraty, Reinaldo Salgado, confirmou que o presidente Jair Bolsonaro irá à Nova Déli,...

Leia também

Vereador Mulinha pede que outros bancos ofereçam descontos nos moldes da Caixa Econômica

O vereador de Barra de São Francisco, Wilson Mulinha (PDT), foi procurado por algumas pessoas físicas e do comércio no último sábado, solicitando...

Região Sul tem aumento de 16% no número de candidaturas a prefeitos e vereadores

Foi dada a largada para as eleições municipais de 2020. Este ano, o início da propaganda eleitoral foi postergado para o dia 27 de...

Eleições 2020: 95 municípios poderão realizar segundo turno para escolher prefeito este ano

Noventa e cinco municípios do país com mais de 200 mil eleitores podem ter de promover um segundo turno de votação para escolher os...

Eleições 2020: Fartura do Piauí (PI) lidera o ranking dos municípios com menor arrecadação

Com a proximidade do primeiro turno das eleições para prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, muitos municípios brasileiros estão próximos do colapso financeiro. Mais de 1.900 cidades...