Americana antivacina morre de Covid-19 e deixa quatro filhos

Uma norte-americana de 40 anos que se orgulhava nas redes sociais por ser uma pessoa “sem máscara, sem mordaça e não vacinada” morreu em decorrência da Covid-19, doença que ela minimizava.Kristen Lowery, de Escalon, Califórnia, deixa quatro filhos: Tayden, McKenna, Ella e Ryenn.A família de Kristen teve que fazer uma vaquinha virtual para arrecadar milhares de dólares para custear as despesas do funeral.

Via rede social, Kristen gostava de mostrar seu discurso antivacina, como quando publicou uma foto sua ao lado de uma placa que dizia: “dê voz aos ofendidos pela vacina”.