Amazônia Legal: Governo Federal promove ação conjunta contra crimes ambientais

Amazônia Legal: Governo Federal promove ação conjunta contra crimes ambientais

Operação do Governo Federal tem como objetivo combater crimes ambientais na região da Amazônia Legal
– Foto:
Foto: EBC

Em Mato Grosso, a Operação Verde Brasil 2 investigou uma denúncia de comercialização ilegal de madeira. No local, próximo ao município de Nova Ubiratã foram encontrados três mil metros cúbicos de madeira. Há indícios que apontam a venda ilegal. Produtos de três empresas diferentes estavam no mesmo pátio e as toras espalhadas, o que dificulta a identificação. Além disso, algumas espécies não possuíam nota fiscal. Agora, a madeireira será investigada para avaliar se houve crime.

A operação do Governo Federal teve início nessa segunda-feira (11) e tem como objetivo combater crimes ambientais na região da Amazônia Legal. A fiscalização na área foi uma atividade coordenada entre diversos órgãos, entre eles o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), militares e a Delegacia Especial do Meio Ambiente.

O analista ambiental do Ibama, Edilson Paz Fagundes, destacou que a atuação conjunta é importante em uma região extensa como a floresta amazônica.

“O Ibama tem mais de 30 anos de experiência na fiscalização ambiental, temos uma bagagem interessante na área, mas precisamos de apoio logístico. Até porque, se você verificar a imensidão da Amazônia, precisa de muita gente para atingir as áreas”, disse Edilson Paz.

Operação Verde Brasil 2

A Operação Verde Brasil 2 prevê o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no combate a crimes ambientais como o desmatamento e focos de incêndio na Amazônia Legal. Os militares vão atuar em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A previsão é que os trabalhos durem até o dia 10 de junho com orçamento inicial de R$ 60 milhões.

Entre os órgãos envolvidos estão a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), Força Nacional de Segurança Pública, Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam).

A Operação será coordenada a partir do Centro de Operações Conjuntas (COC) do Ministério da Defesa, que ativou três Comandos Conjuntos. São eles: Comando Conjunto Príncipe da Beira (CCj PB), para atuar na área englobada pelos estados do Acre, Rondônia e Sul do Estado do Amazonas; Comando Conjunto Barão de Melgaço (CCj BM), que atua em Mato Grosso; e Comando Conjunto Marechal Soares de Andrea (CCj MSA), que cobre a área englobada pelo Estado do Pará.

As ações estão sendo promovidas na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal.

Leia mais

Aulas remotas serão consideradas como carga horária letiva para estudantes capixabas

Anúncio oficial sobre a mudança foi feito na tarde desta quinta-feira (15) pelo secretário de Educação, Vitor de Angelo, durante entrevista coletiva transmitida pela...

Morte de empresário que caiu de parapente no Espírito Santo está sendo investigada pela Polícia Civil

Luiz Bessa, de 34 anos, morreu neste domingo (12), em Viana. De acordo com a Federação Capixaba de Voo Livre, o piloto do parapente,...

São Mateus-ES e outros 14 municípios brasileiros vão receber recursos para Educação Infantil

    O Ministério da Educação (MEC) autorizou o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a repassar recursos para as matrículas em novos estabelecimentos de...

Homem é preso em Mantenópolis após dispensar sacola com drogas

CONDUTOR DE MOTOCICLETA DISPENSA DROGAS AO PERCEBER A PRESENÇA POLICIAL, MAS É PRESO LOGO EM SEGUIDA Na última quarta-feira, 8 de julho de 2020, durante...

Leia também

Municípios paranaenses economizam 17 milhões após alertas do TCE- PR

“É melhor prevenir do que remediar”. O provérbio popular descreve bem o que o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) tem feito no monitoramento...

Política governamental pode ampliar a produção nacional de minerais estratégicos

Na tentativa de priorizar esforços governamentais para a implantação de projetos de produção de minerais estratégicos para o desenvolvimento do Brasil, o Conselho de...

Maioria dos prefeitos médicos teve bom desempenho contra Covid-19

Durante as eleições, 276 dos mais de cinco mil prefeitos brasileiros declararam à Justiça Eleitoral que são médicos. Por mais que a profissão possa...

Sem crédito para cobrir custos fixos, empresas do Amazonas reduzem quadro de funcionários

O cenário da crise causada pela pandemia de Covid-19 vem acumulando cada vez mais empresas com portas fechadas. Com a diminuição da atividade econômica,...