Amazonas conta com 30 usinas geradoras de oxigênio medicinal

Estado do Amazonas conta com 30 usinas geradoras de oxigênio medicinal instaladas em hospitais da capital e do interior. Juntos, os equipamentos têm capacidade de produzir 15,5 mil metros cúbicos do gás, diariamente, para atender as vítimas da Covid-19 e demais pacientes com dificuldades respiratórias. 

Das 30 usinas em operação, 16 estão em Manaus, sendo três na rede privada. As demais estão no interior, nos municípios de Itacoatiara (3), Parintins (2), Maués (2), Manacapuru (1), Tabatinga (1), Tefé (1), Coari (1), Autazes (1), Nova Olinda do Norte (1) e Humaitá (1). Outras 15 usinas estão em trânsito – cinco delas serão encaminhas aos municípios de Codajás, Tapauá, Apuí, Urucará e Santo Antônio do Içá – e mais 29 estão em processo de aquisição.

Covid-19: Municípios amazonenses recebem usinas de oxigênio para combate à pandemia

Como a pandemia mudou os hábitos alimentares dos brasileiros

A força-tarefa para abastecer o estado com oxigênio é coordenada pelo Ministério da Saúde, em parceria com o governo do Amazonas e prefeituras municipais.

Usina de Oxigênio - Foto: Ministério da Saúde

Leia mais

Leia também