Amazonas anuncia volta às aulas com protocolo de segurança em saúde

O governo do Amazonas anunciou nesta terça-feira (28) que as aulas presenciais das unidades estaduais de ensino em Manaus voltam a partir de 10 de agosto. O retorno do calendário escolar vai obedecer a medidas de segurança em saúde previstas no Plano de Retorno às Atividades Presenciais. 

A decisão pela volta às aulas no estado levou em conta a diminuição no número de óbitos e na taxa de ocupação dos leitos hospitalares por Covid-19, que foram observados pela Fundação de Vigilância Epidemiológica em Saúde do Amazonas (FVS-AM). 

Por conta da pandemia, FNDE antecipa e adapta repasses para escolas e secretarias de educação

Falta de acesso à internet para estudantes de escolas públicas é escancarada na pandemia

Desigualdade no sistema educacional é agravada com pandemia, revela estudo do Ipea

Os primeiros alunos a voltarem vão ser os do Ensino Médio e da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA). No dia 24 de agosto, será a vez dos alunos do Ensino Fundamental. O governo amazonense ainda não deu uma previsão para a volta das aulas no interior do estado. 

A FVS vai monitorar a situação do vírus de modo que possa agir para interromper qualquer cadeia de transmissão nas escolas. O protocolo de segurança na volta às aulas estabelece o uso obrigatório de máscaras por todos os profissionais e estudantes, o reforço nas práticas de higiene pessoal, o distanciamento social de, no mínimo, 1,5 metro entre as pessoas e a limpeza frequente das superfícies. 

De acordo com o secretário de Educação, Luis Fabian Barbosa, o governo investiu mais de R$ 10 milhões para adquirir materiais e insumos para a prevenção e combate ao novo coronavírus no ambiente escolar. 

Foto: Bruno Zanardo e Diego Peres/Secom

Leia mais

Leia também