Amante da mulher se entrega à polícia e confessa ter matado homem em Boa Esperança

Compartilhe

Luana dos Santos Karsten, de 23 anos. Crédito: Reprodução / Facebook

Uma mulher de 23 anos identificada como Luana dos Santos Karsten se apresentou no início da tarde deste domingo (29) no Destacamento da Polícia Militar em (DPM) Boa Esperança, no Norte do Espírito Santo, onde confessou ser a autora do assassinato de Jones Barreto, de 33 anos, executado com dois tiros na cabeça na madrugada de sexta-feira (27), enquanto dormia na casa da esposa, na rua Horizonte, no bairro Vila Tavares, na mesma cidade. A reportagem é do site A Parresia, que apurou que Luana mantinha um relacionamento extraconjugal com a esposa da vítima e, que o crime teria sido cometido por ciúmes.

Segundo o Boletim de Ocorrência obtido com exclusividade por A Parresia, Luana contou aos policiais militares ter jogado a arma usada no crime em uma área de mato de uma propriedade rural. Os militares se deslocasram ao endereço informado e realizaram buscas  com o objetivo de encontrar a arma usada no homicídio. Não é citado na ocorrência se o objeto foi achado. O documento informa que, diante da confissão, Luana foi levada, sem algemas, no banco de trás (do carona) da viatura, para Delegacia Regional de Nova Venécia.

A Parresia demandou a Polícia Civil para saber se a suspeita dará entrada no sistema prisional. Em nota, a Polícia Civil informou que a suspeita, de 23 anos, conduzida à Delegacia Regional de Nova Venécia, prestou esclarecimentos e foi liberada, visto que ela não estava em situação de flagrante, se apresentou espontaneamente e não há mandado de prisão em aberto contra ela. O procedimento será encaminhado para a Delegacia de Polícia de Boa Esperança, que investiga o caso.

O CRIME

Jones Barreto, de 33 anos, foi assassinado a tiros, na sala de casa enquanto dormia, na madrugada desta sexta-feira (27), na rua Horizonte, no bairro Vila Tavares, em Boa Esperança no Norte do Espírito Santo.

Jones Barreto foi executado com dois tiros na cabeça dentro de casa em Boa Esperança. Crédito: Arquivo pessoal

Segundo a Polícia Militar, a esposa da vítima contou que dormia no quarto com os dois filhos e o marido dormia na sala da residência. A esposa ressaltou que o portão e a porta da casa estavam trancados, no entanto, por volta de 2h da madrugada ela teria se levantado para ir ao banheiro, quando ouviu dois disparos de arma de fogo.

Nesse momento, a esposa relatou aos policiais militares que correu para a sala e viu Jones com duas perfurações da cabeça. A mulher disse aos PMs que somente viu um vulto pulando o muro, pois o quintal estava escuro, e não soube informar quem poderia ter cometido o crime.

A reportagem apurou que peritos da Polícia Civil  que estiveram no local do crime constatou duas perfurações na parte frontal do crânio da vítima. Um projétil transfixou a cabeça e foi recolhido pela perícia.

 

Leia também

Municípios do Rio se unem para formar rede de cidades antirracistas

Convênio inédito foi assinado hoje (20) pela prefeitura do Rio de Janeiro e 23 municípios para criação da Rede de Cidades Antirracistas. O...

Enfermeira que teria ameaçado Klara Castanho será investigada por Conselho

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A enfermeira que teria ameaçado trazer a público o episódio de violência sofrido...

Cuida Mais Brasil: Equipes que contam com ginecologistas e obstetras ampliam em 25% o número de consultas de pré-natal

O desempenho no indicador de quantidade de consultas de pré-natal no Brasil é 25% maior nas equipes de...

Temporada de baleias: saiba como fazer turismo de observação

A migração das baleias-jubarte pelo litoral do Espírito Santo já começou. Por causa da caça predatória, as jubarte já...

TIC Domicílios 2021 mostra que 82% dos domicílios no Brasil têm acesso à internet

A presença de conexão de internet nos domicílios no Brasil aumentou na comparação entre os dados coletados em...

MDR repassa R$ 16,6 milhões para a continuidade de obras de saneamento em 11 estados

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai repassar R$ 16,6 milhões para a...