AM: Novas diretrizes em licitações possibilitaram economia aos cofres públicos, afirma governo estadual

A implementação de novas diretrizes para a realização de licitações no governo do Amazonas possibilitou a redução dos preços de produtos e serviços contratados pela Secretaria de Saúde do estado. De acordo com a pasta, todas as aquisições abaixo de R$ 17,6 mil ficam sob a sua responsabilidade e as que estão acima desse valor ficam sob encargo do Centro de Serviços Compartilhados (CSC-AM), órgão responsável pelas licitações no estado.

Senado aprova MP que flexibiliza regras de licitações durante pandemia

Marcellus Campêlo, secretário de Saúde interino do Amazonas afirma que essas regras têm possibilitado maior celeridade, transparência e segurança jurídica nas aquisições da pasta. 

Campêlo cita que, recentemente, foi realizado um pregão eletrônico de utensílios hospitalares cujo preço referência do produto era de R$ 1.070, mas após análise, os materiais foram comprados por R$ 270. 
 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília


Leia mais

Leia também