Aluna de escola pública de Nova Venécia atinge nota máxima em redação na plataforma Letrus

Compartilhe

 

» Após a nota máxima, Amanda Maria Marchi Guêz foi homenageada na escola

Reportagem: Cintia Zaché, da Rede Notícia

A aluna da 3ª série do Ensino Médio, da Escola Estadual de Ensino Fundamental José Zamprogno, localizada no Patrimônio do XV, Amanda Maria Marchi Guêz, 18 anos, conseguiu a nota máxima de 1.000 pontos na redação do simulado, realizado com os alunos, por meio da plataforma Letrus.

A receita para ter conseguido a nota, a estudante relata: “Ler me ajudou e ajuda todos os dias a enriquecer meu vocabulário e viajar por muitos mundos”, conta a aluna.

Amanda Maria Marchi Guêz alcançou nota 1000 na redação da Plataforma Letrus

De acordo com a pedagoga da escola, Rúbia Karla Caliman, Amanda foi a única aluna da Rede Pública das escolas estaduais, a alcançar a nota.

Segundo a pedagoga, por meio da plataforma, os alunos podem treinar redações e melhorar a escrita. “É uma atividade que contribui com o aprendizado dos alunos e os prepara não só para terem bons resultados no Enem, mas saber escrever um bom texto para atuação em qualquer área profissional”, afirmou.

A professora Cássia Pereira Morais Macedo, que leciona a disciplina de Português na escola, ressalva a pontuação da estudante e a pedagoga, explica sobre o sentimento ao receber a nota da Amanda: “Nosso orgulho maior é saber que estamos em uma escola do interior, que às vezes é descriminada, e conseguirmos essa nota, que com certeza, eleva o nome deles e da escola. Tivemos outras notas boas também em nossa escola, de outros alunos, que também estão de parabéns”, fala Rúbia.

Sobre a disciplina favorita, a estudante da José Zamprogno fala: “Gosto de matemática, mas se tivesse uma disciplina só sobre Literatura, já ganharia meu coração”, divulga.

Depois do feito da nota 1000, quando perguntado a Amanda que carreira ela vai seguir, ela ressalta: “Adoraria seguir em uma carreira na área da Tecnologia, amo Designer Gráfico e quem sabe um dia eu possa ingressar em uma profissão de escrita, onde eu possa fazer minhas próprias capas”, comenta.

A plataforma Letrus realiza atividades e a última lançada aconteceu no início deste mês, com a temática: “Imposição dos padrões de beleza: riscos e consequências”.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental José Zamprogno tem na direção, João Paulo Ambrosio.

» Equipe escolar e alunos, durante homenagem realizada para a Amanda Marchi Guêz
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Leia também

Governo Federal lança Estratégia de Busca Ativa de Casos de Hanseníase em 78 municípios brasileiros

O Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, lançou na segunda-feira (09/05) a Estratégia de Busca Ativa...

Dez municípios disputam a fase regional dos JEES em Barra de São Francisco

Dez municípios do noroeste capixaba começam na próxima segunda-feira, 16, a disputar a fase regional dos Jogos Escolares...

Polícia Civil realiza mutirão para emissão de Carteira de Identidade em Montanha

  A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio do Departamento de Identificação (DEI), realizou, no último sábado (07), um...

PM de Barra de São Francisco recupera motocicleta em menos de 24 horas após o furto

Durante patrulhamento nas ruas da cidade de Barra de São Francisco na manhã desta quinta (12), policiais militares...

Secretaria de Transportes e Estradas constrói pontes no interior do município

  A Prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria de Transportes e Estradas, continua trabalhando na construção...

Produção de veículos acumula queda de 13,6% no primeiro quadrimestre

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Abril terminou com 185,4 mil veículos leves e pesados produzidos no país. O...