Aliança liderada por López Obrador pode vencer eleições parlamentares no México neste domingo


O México realiza neste domingo eleições sem precedentes, as maiores da história do país, informa a Telesul.

O final da campanha foi marcado por um clima tenso e violência em algumas regiões com o assassinato de um candidato e um funcionário da justiça eleitoral. As autoridades implantaram um numeroso dispositivo militar para proteger as eleições.

O eleitorado é convocado a renovar as 500 cadeiras da Câmara dos Deputados, onde o Movimento de Regeneração Nacional (Morena) e seus aliados têm confortável maioria para reformar a Constituição. Serão eleitos também governadores de 15 dos 32 estados, deputados às assembleias legislativas estaduais e vereadores de cerca de 1.900 municípios. No total, estão em jogo cerca de 20.000 cargos, número nunca antes visto.

As últimas pesquisas indicam que a aliança encabeçada pelo Morena, do presidente Andrés Manuel López Obrador, vai confirmar sua maioria no Congresso. De acordo com o Centro Estratégico Latino-Americano de Geopolítica (Celag), 36,2% votariam na frente encabeçada por Obrador e 20,9% na aliança de oposição, que reúne o PRI, o PAN e o PRD.

Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador

Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador (Foto: REUTERS/Henry Romero)

Leia mais

Leia também