Alberto Fernández vai processar governo Macri por “administração fraudulenta e desvio de fundos”


O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta segunda-feira (1), na abertura das sessões ordinárias do Congresso, que seu governo processará o governo do ex-presidente Mauricio Macri por pedido irregular de empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI ). Seguundo Fernández, é necessário”determinar quem foram os autores da maior administração fraudulenta e desvio de fundos”. 

Em seu discurso, Fernández destacou que o macrismo assumiu a dívida sem realizar um debate legislativo prévio. De acordo com a Constituição do país, certos tipos de operações financeiras requerem aprovação parlamentar. A esse respeito, o dirigente peronista afirmou que o empréstimo de 44 bilhões de dólares “é o maior da história do FMI”. No entanto, ele lamentou que esse dinheiro “desaparecesse” antes da mudança de governo, ocorrida em dezembro de 2019, informa a RT.

 

Alberto Fernández

Alberto Fernández (Foto: Reprodução)

Leia mais

Leia também