Agricultores familiares de MG e RJ vão poder negociar produtos com as Forças Armadas

Agricultores familiares de Minas Gerais e do Rio de Janeiro podem negociar a venda de seus produtos com as Forças Armadas por meio da Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). 

Em Belo Horizonte, o Comando da 4º Região Militar do Exército Brasileiro vai investir R$ 5 milhões em arroz, açúcar, café moído, carne, frango, leite em pó e peixe. Já no Rio de Janeiro, a Marinha do Brasil dispõe de R$ 15,2 milhões em 1.300 toneladas de arroz, café moído, leite em pó, carnes, sucos e outros cultivos. 

Projeto de socorro a agricultores familiares é aprovado pela Câmara dos Deputados

Agricultura familiar tem mais recursos e menos juros no Plano Safra 2020/2021

Os produtores devem observar se os gêneros alimentícios entregues vão ter sua qualidade analisada. Caso não estejam em perfeitas condições de consumo, segundo avaliação da instituição que vai recebê-los, os produtos serão devolvidos e o fornecedor deverá substituí-los. 

O PAA permite que estados, municípios e órgãos federais da administração comprem alimentos da agricultura familiar por meio de chamadas públicas com a dispensa da licitação. Para participar das chamadas públicas, os agricultores familiares devem acessar este link

Governo Federal

Leia mais

Leia também