Agentes de segurança do Estado participam do curso de Análise Criminal

Compartilhe

Cerca de 50 agentes ligados à segurança pública do Espírito Santo vão participar da segunda turma do curso de Análise Criminal, promovido pelo Governo do Estado. A cerimônia de abertura foi realizada na manhã dessa segunda-feira (16), no auditório do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar, em Vitória.

Essa é a segunda edição do curso que tem por objetivo capacitar os agentes no campo estratégico, ampliando as ações de inteligência no combate à criminalidade. A iniciativa é do Observatório da Segurança Cidadã (OSC/ES), coordenado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), no âmbito do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, em parceria com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) e a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp).

O diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves, Daniel Cerqueira, realizou a palestra de abertura e falou sobre como a iniciativa vem se somar aos esforços de inteligência já implantados no âmbito do Programa Estado Presente em Defesa da Vida.

“A experiência nos ensina que em segurança pública não existe um modelo acabado. No Programa Estado Presente, estamos avançando também na dimensão qualificadora dos aprimoramentos, iniciando mais uma turma de analistas criminais. Com mais essa turma, serão 100 novos analistas, entre policiais, bombeiros militares, policiais civis, guardas municipais e convidados do Ministério Público, Defensoria Pública e do Poder Judiciário. O Governo do Estado investe de forma robusta também na capacitação de nossos profissionais”, complementou Daniel Cerqueira.

Para o diretor de Integração do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Lira, a formação especializada é um bom exemplo da valorização dos profissionais da segurança pública do Estado. Ele destacou ainda a importância da integração com outras instituições nessa nova etapa.

“Este é um curso histórico. Temos um número expressivo de participantes sendo formados e que serão multiplicadores desse conhecimento. A participação do Ministério Público, da Defensoria Pública e das guardas municipais é uma evidência clara de que o Programa Estado Presente vem promovendo uma gestão de segurança pública robusta e integrada. Trata-se de uma política pública exitosa, referendada por organizações de renome como o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Instituto Sou da Paz e outras instituições internacionais”, pontuou Pablo Lira.

A coordenadora do OSC/ES, Bárbara Caballero, ressaltou que os policiais vão receber instrumentais teóricos e práticos para a construção do conhecimento na segurança pública, como noções de estatística e interpretação de dados, permitindo a análise e o cruzamentos de informações. Segundo ela, o resultado na análise criminal vai contribuir para que o Governo do Estado adote políticas públicas ainda mais eficientes no campo da segurança.

“Estamos avançando para além de ensinar o uso de ferramentas tradicionais. Introduzimos também métodos de reflexão em criminologia, como o POP/IARA, que buscam a prevenção de crimes e delitos, realizando identificação, análise, resposta e avaliação do problema. O curso é uma grande oportunidade de debatermos as questões referentes à criminalidade e às respectivas soluções”, salientou Bárbara Caballero.

Observatório da Segurança Cidadã

O Observatório da Segurança Cidadã do Espírito Santo (OSC/ES) foi criado em 2019 para subsidiar ações estratégicas de controle e prevenção à criminalidade, a partir de dados e informações de fontes públicas e/ou privadas. Entre as competências estão contribuir com a gestão das informações, proporcionar transparência às informações obtidas, democratizar o acesso às informações e incentivar o acesso às informações na área da segurança pública.

Mais detalhes sobre o OSC/ES podem ser obtidos em: http://www.ijsn.es.gov.br/observatorio-da-seguranca-cidada.

Leia também

Niulva Coelho é eleita Rainha Caipira durante o 1º Arraiá do Projeto Avivar na Escola João Bastos

A noite desta terça-feira, 28, vai ficar marcada pela realização do Arraiá do Projeto Avivar, na quadra da...

Petróleo desaba, Bolsa cai e dólar acelera sob temor de recessão

CLAYTON CASTELANI SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O temor de recessão generalizada aprofundava o mergulho dos mercados de...

FPM: prefeituras brasileiras devem receber R$ 2,8 bilhões nesta quinta-feira (30)

Os municípios brasileiros vão receber, nesta quinta-feira (30), cerca de R$ 2,8 bilhões referentes ao terceiro decêndio de...

ES: menina de 4 anos é deixada de castigo, ajoelhada no cimento com mãos para trás e rosto virado para parede

Os pais de uma menina de quatro anos foram levados para a delegacia depois de uma denúncia de...

Ministério da Saúde vai ampliar acesso das mulheres ao pré-natal

O  Ministério da Saúde está ampliando o atendimento pré-natal em todo o país, para que todos os municípios...

Entra em vigor portaria que reconhece adoção das boas práticas agrícolas

O mês de julho começou com uma novidade para o setor agrícola. Desde esta sexta-feira (1°) está em...

Ruas do bairro Cruzeiro sendo preparadas para receberem pavimentação

Máquinas da secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, juntamente com servidores da...

Mortes violentas caem 6% no Brasil em 2021, aponta anuário

O registro de mortes violentas intencionais, no ano passado, caiu 6,5% em todo o Brasil, apontou hoje (28) o Anuário...