Aedes aegypti: cuidados contra doenças transmitidas pelo inseto devem permanecer durante a pandemia da Covid-19

Mesmo no período de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a população precisa estar atenta aos cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Responsável pela transmissão de doenças como a dengue, zika e chikungunya, o inseto permanece se proliferando durante todo o ano.

O chefe do Núcleo Especial de Vigilância Ambiental, Roberto Laperriere Júnior, reforça que o distanciamento social é uma oportunidade para que todos realizem limpezas recorrentes em suas residências, eliminando os possíveis focos de proliferação do mosquito.

“As doenças continuam existindo independentemente da Covid-19. Continuamos com elevado número das arboviroses do Estado. Devemos aproveitar o tempo em casa, devido ao distanciamento social, como facilitador para vistorias na residência, eliminando os criadouros. Vale ressaltar que, de acordo com os próprios dados da Sesa, 80% dos criadouros estão nas casas dos cidadãos capixabas”, disse.

 

Dados Espírito Santo

De acordo com o 15° boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde (Sesa), nesta sexta-feira (23), o Estado registrou, entre os dias 03 de janeiro de 2021 e 17 de abril de 2021, mais de 4,5 mil casos de dengue.

Com relação às notificações de zika, foram registrados 564 casos no Estado, e outros 1.488 casos de chikungunya.

 

Veja aqui o 15º boletim dengue.

Veja aqui o 15º boletim zika.

Veja aqui o 15º boletim chikungunya.

 

Como prevenir

– Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;

– Tirar água dos pratos de plantas;

– Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;

– Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;

– Manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;

– Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

 

Leia mais

Leia também