Aebes vai gerenciar Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência “São Lucas”, localizado no bairro Forte São João, em Vitória, passa a ser administrado pela Associação Evangélica Beneficente Espírito Santense (Aebes). A nova Organização Social (OS) foi apresentada para as cooperativas médicas que atuam no hospital, na sede da Secretaria da Saúde (Sesa), na tarde desta sexta-feira (11).

A nova OS será contratada em processo emergencial, pelo prazo de 180 dias, a partir do dia 19 de dezembro. O contrato emergencial manterá as mesmas metas e valores pactuados no contrato original celebrado com a OS anterior.

De acordo com a subsecretária de Estado de Assistência à Saúde, Quelen Tanize Alves da Silva, a apresentação foi o início para pactuar e organizar a parceria com as cooperativas, com as equipes de transição da Sesa, da Aebes e representantes das cooperativas.

“Vamos trabalhar na transição de uma OS para outra sem prejuízos e sem riscos para os atendimentos, mantendo a parceria e comprometimento para uma assistência qualificada e segura”, disse Quelen Alves da Silva.

O diretor do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), Fabiano Ribeiro dos Santos, destacou a importância do hospital para a sociedade.

“O Hospital de Urgência e Emergência é porta aberta e muito importante para a sociedade. Queremos que essa transição de organizações seja realizada de forma tranquila e com todo o auxílio necessário”, comentou Fabiano dos Santos.

A superintendente da Associação Evangélica Beneficente Espírito Santense (Aebes), Sirlene Motta de Carvalho, ressaltou a importância de contribuir com o Estado e com a sociedade.

“É um grande desafio assumir essa gestão. Mas, como instituição cristã, não poderíamos deixar de contribuir com o Estado e com a sociedade. A nossa missão é atender a todos com qualidade e segurança sempre”, informou Sirlene de Carvalho.

Participaram da reunião a equipe de transição da Sesa, a subsecretária de Estado de Assistência à Saúde, Quelen Tanize Alves da Silva; o diretor do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), Fabiano Ribeiro dos Santos; o gerente da Gerência de Controle de Projetos Incentivados (Gecop), Ricardo Costa; os representantes da equipe de transição da Aebes; a superintendente, Sirlene Motta de Carvalho; a diretora da Central de Serviços Compartilhado, Vera Mantelmacher; o diretor-técnico do Hospital Evangélico de Vila Velha, Enrico Miguel Stucchi, e o gestor de Clínica do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, Alexandre Luiz Bittencourt.

 

Leia mais

Leia também