Advogado é preso no Espírito Santo suspeito de desviar mais de R$ 3 milhões de bancos em SP

Um advogado de 31 anos suspeito de desviar mais de R$ 3 milhões de bancos paulistas foi preso na última quinta-feira (5) em Vitória.

A Polícia Civil capixaba divulgou a prisão nesta sexta (6) e não informou o nome do preso.

Segundo a polícia, o homem foi preso pela equipe da Delegacia Especializada de Crimes Contra Estabelecimento Comercial (DCCEC), em apoio à Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes (SP).

O mandado de prisão foi cumprido em um apartamento na Praia do Canto, bairro nobre de Vitória.

“Ele é integrante de uma organização criminosa e possuía mandado de prisão por desvios em um banco, em São Paulo, de mais de R$ 3 milhões”, contou o titular da DCCEC, delegado Gabriel Monteiro.

Ainda de acordo com a polícia, durante as buscas no apartamento do advogado, foram apreendidos uma pistola 765, munição de vários calibres, cheques falsificados, identidade falsas, anabolizantes, um carro de luxo adulterado proveniente do estado de São Paulo, além de receituários médicos que a polícia considera duvidosos.

“Em razão desses crimes, ele foi preso em flagrante e a prisão foi convertida em prisão preventiva”, disse o delegado.

O preso foi levado para o Centro de Triagem de Viana. O caso segue em investigação sob segredo de Justiça em São Paulo.

Foram apreendidos uma pistola 765, munição de vários calibres, cheques falsificados, identidade falsas e anabolizantes — Foto: Divulgação/Polícia Civil