Advocacia-Geral da União: Garantia de mais recursos para a sociedade

Advocacia-Geral da União: Mais recursos para sociedade

– Foto:
AGU

A atuação da Advocacia-Geral da União (AGU) também assegurou recursos valiosos para o poder público utilizar em políticas que beneficiam o cidadão em áreas como saúde, educação e segurança, entre outras. Somente em 2019, foram R$ 657,5 bilhões garantidos para os cofres públicos por meio da atuação judicial da instituição nos tribunais.

O montante leva em conta valores que a União e as autarquias federais teriam que pagar caso fossem condenadas em processos em que a AGU obteve êxito; investimentos que serão realizados em virtude de leilões de infraestrutura que puderam ser realizados sem empecilhos judiciais em virtude da atuação da Advocacia-Geral; recursos arrecadados por meio de ações de cobra

 

Segurança jurídica para enfrentar a pandemia e proteger empregos

A Advocacia-Geral da União (AGU) redobrou esforços durante a pandemia da Covid-19 para evitar que as políticas públicas implantadas pelo Governo Federal para proteger a saúde e os empregos dos brasileiros sofressem qualquer empecilho judicial. Em um dos exemplos mais notórios, a instituição conseguiu demonstrar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) a constitucionalidade da Medida Provisória nº 936 que criou o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, incluindo o dispositivo que possibilita acordos individuais entre empregados e empregadores.

No total, a AGU já atuou em mais de 1,2 mil processos judiciais relacionados à Covid-19, obtendo êxito em sete de cada dez pedidos de liminares feitos no âmbito de tais ações. São processos que discutem a contratação de médicos, cobrança de dívidas que outras unidades da federação têm com a União e a manutenção de cronogramas do sistema de ensino, entre muitos outros assuntos.

Além disso, a AGU forneceu assessoramento jurídico para o Governo Federal em 2,7 mil processos administrativos relacionados à Covid-19. São notas jurídicas, pareceres, manifestações e outras atividades de consultoria jurídica prestada em contratações e aquisições, entre outros atos da administração pública federal, concluídas em média em apenas 39 horas, ou seja, menos de dois dias. A agilidade foi possibilitada pela adoção de medidas como o reforço da equipe de consultoria jurídica do Ministério da Saúde e edição de portarias estabelecendo que os processos de assessoramento relacionados à Covid-19 devem ter prioridade máxima.

 

Fonte: Advocacia-Geral da União

Leia mais

Comércio de Nova Venécia fechará aos sábados

O comércio de Nova Venécia, com exceção dos...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Norte do país tem tempo predominantemente chuvoso, neste sábado (29)

A região Norte do país tem tempo predominantemente chuvoso, neste sábado (29). As áreas preferenciais para pancadas de chuva vão desde o norte de...

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 10/07/2020

O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou, nesta sexta-feira (10), mais uma reunião da Sala de...

Leia também

PL que institui programa de recuperação tributária aguarda parecer na Câmara desde junho

Com a promessa de preservar negócios e manter emprego e renda no atual cenário econômico, o projeto de lei que institui o Programa Extraordinário...

CNI e especialistas voltam a defender reforma tributária ampla e geral e criticam “nova CPMF”

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) voltou a defender, nessa quarta-feira (30), uma reforma tributária com imposto único e sem aumento de carga tributária....

Equipe de robótica do Rio de Janeiro desenvolve mecanismo que possibilita abertura de portas sem o uso das mãos

Uma equipe de robótica composta por sete alunos do ensino médio do colégio Franco Brasileiro, no Rio de Janeiro, foi premiada no Torneio SESI...

Sistema de desinfecção de táxis e transportes por aplicativo rende premiação a escola de Sergipe em torneio nacional de robótica

A fácil infecção pelo coronavírus através do ar ou simples contato com superfícies contaminadas afastou a população de táxis e transportes por aplicativo e...