Aderes abre edital de chamamento público para consultoria a empreendedores

Está aberto o edital de chamamento público, nº 009-2020, da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes), que tem como objetivo a seleção de empresas juniores que possam oferecer consultoria para empreendedores que estão sofrendo as consequências econômicas da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

A parceria entre a Aderes e a Federação de Empresas Juniores do Espírito Santo tem a finalidade de atender as pequenas empresas e os empreendedores, localizados nas regiões do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, com iniciativas que possam reduzir impactos e gerar oportunidades utilizando ferramentas que possam fortalecer e ampliar as ações já adotadas por esses empreendedores.

Para isso, serão criados propostas e planos de trabalho que vão atuar em áreas como: consultoria e gestão financeira; consultoria em marketing; gerenciamento de mídias digitais; serviços de relatórios e dados estatísticos; gestão e redução de resíduos (preferencialmente em negócios no ramo de alimentação); consultoria em vendas; consultoria jurídica e consultoria para home office.

Para a execução desse projeto foi destinado um valor global de R$ 100 mil. Cada empreendedor vai receber 20 horas de consultoria. Ao todo, serão atendidos 500 empreendedores, totalizando 10 mil horas de consultoria.  

Os interessados em participar da seleção devem enviar propostas de consultoria, com toda documentação exigida, para a Aderes até o dia 18/09/2020, por meio do endereço eletrônico gempe@aderes.es.gov.br, ou em envelope lacrado e devidamente identificado para a sede da instituição, que fica na Avenida Nossa Senhora da Penha, 714 – Ed. RS Trade Tower – 5º andar – Praia do Canto – Vitória, das 09 horas às 17 horas. Mais informações podem ser obtidas com o gerente de Micro e Pequenas Empresas da Aderes, Helton Braz Scarpe, no telefone 3636-8552.

O chamamento público foi tema de webconferência realizada, nesta quarta-feira (26), que contou com a participação do diretor-presidente da Aderes, Alberto Farias Gavini Filho; do diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli; além do deputado federal Felipe Rigoni e da presidente do conselho da Federação das Empresas Juniores do Espírito Santo (JuniorES), Gabrielly Silva Musso.

De acordo com o diretor-presidente da Aderes, a parceria com as empresas juniores é apenas o início de grande trabalho que será realizado em benefício dos pequenos negócios. “A importância de atuar nos territórios do Estado Presente, nos leva à necessidade de se ter um olhar voltado para as mulheres empreendedoras, que precisam se empoderar e criar receita para tocar suas vidas, se libertando, muitas vezes, de um marido opressor”, disse Gavini.

O diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, contou que essa parceria visa a melhorar o negócio do pequeno empreendedor que está inserido numa localidade onde o acesso a oportunidades é precarizado. “Pensamos na formação para os dois lados, tanto dos estudantes Juniores, que vão ter uma vivência de campo e de mercado, quanto dos empreendedores que vão receber um atendimento com acompanhamento acadêmico”, explicou.

O deputado federal Felipe Rigoni, que iniciou sua experiência no empreendedorismo dentro de uma empresa júnior, ressaltou que as empresas juniores do Espírito Santo estão capacitadas para ajudar os empreendedores a melhorarem sua eficiência, custo-benefício dos seus produtos ou serviços, além de desenvolver novos produtos e aumentar a produtividade.

“Estive por cinco anos em empresas juniores e devo o que sou ao que aprendi lá. Conheço o potencial dessas empresas e desde o início da pandemia estava tentando articular um projeto que pudesse ajudar as micro e pequenas empresas com a consultoria oferecida pelas juniores. Isso é só o começo, tenho certeza que os frutos dessa parceria vão fazer nosso Estado mais competitivo e produtivo”, enfatizou o deputado federal.

A presidente do conselho da Federação das Empresas Juniores do Estado, Gabrielly Silva Musso, destacou que o objetivo do movimento é trabalhar para ter um Espírito Santo mais empreendedor, educador e competitivo, ético e colaborativo. E que oportunidades como essa desenvolvem lideranças comprometidas e capazes de transformar realidades como a das regiões que serão trabalhadas. “Vamos atuar para que esses empreendedores melhorem suas condições de vida e seus negócios”, afirmou.

Saiba mais

Edital nº 009-2020 – Chamamento Público – Empresa Júnior

https://aderes.es.gov.br/arquivos

Leia mais

Leia também