Acordo reforça compromisso do Governo Federal com o transporte de baixo carbono

Compartilhe

Alinhados à necessidade global de reduzir as emissões de gás carbônico na atmosfera, o Governo Federal, por meio do Ministério da Infraestrutura, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), assinaram, na terça-feira (14/06), um acordo que demonstra o interesse de ambas as partes no desenvolvimento sustentável do setor de infraestrutura de transportes.

A cooperação técnica não-reembolsável para a “Mudança Modal para Transporte de Carga e Passageiros de Baixo Carbono no Brasil” tem como objetivo apoiar o governo brasileiro na implantação de um plano nacional que vai incentivar o baixo carbono no setor. A medida será possível por meio da atualização do Plano Nacional de Logística 2035(PNL 2035), e do desenvolvimento dos planos gerais de ações públicas e parcerias, no contexto do Planejamento Integrado de Transportes.

Cooperação

Para que a cooperação seja viável, o BID busca financiamento do Programa de Infraestrutura Sustentável do Reino Unido (UK Sustainable Infrastructure Program – UKSIP), mecanismo subsidiado pelo governo do Reino Unido para financiar o desenvolvimento de infraestrutura de baixo carbono no Brasil, na Colômbia, no Peru e no México, catalisando recursos privados para investimentos críticos, em consonância com os objetivos desses países para o cumprimento do Acordo de Paris.

Antes da assinatura do acordo, o ministro da Infraestrutura e os secretários de Fomento, Planejamento e Parcerias, Rafael Furtado, e o nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, participaram de reuniões com delegações do Canadá e da Suíça para apresentar os avanços do Governo Federal no setor de transportes.

Com informações do Ministério da Infraestrutura.

 

Acordo reforça compromisso do Governo Federal com o transporte de baixo carbono

Assinatura reforça interesse do Governo Federal na desenvolvimento sustentável da infraestrutura de transportes Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Leia também

Galeão lança campanha sobre riscos de soltura de balões para aviação

Com o retorno das festas juninas presenciais, o Aeroporto Internacional Tom Jobim/RIOgaleão lançou a campanha #NãoCaiBalão, com o...

RONDÔNIA: Cuida Mais Brasil vai destinar R$ 3 milhões ao estado para fortalecer atendimento materno-infantil no SUS

Por meio do Programa Cuida Mais Brasil, os serviços de saúde de APS em Rondônia tem disponibilizado R$...

Bebê de um mês de vida morre após ser socorrida às pressas em Nova Venécia

Uma bebê de apenas um mês de vida, natural de Nova Venécia, no Norte do Espírito Santo, morreu...

Nova Venécia vence Real Noroeste e segue na liderança na Série D Nacional

  Gol de bicicleta marcado por Arthur foi eleito o Gol do Fantástico O Nova Venécia Futebol Clube derrotou o...

SÃO PAULO: Mesmo com taxa de mortalidade infantil menor que a média nacional, reforço à Atenção Básica deve ser trabalho permanente

O estado de São Paulo registrou taxa de mortalidade infantil, em 2019, de 11 óbitos por mil nascidos...

Quina de São João teve 11 ganhadores; confira os números

Realizado na noite de ontem (25) em Campina Grande, na Paraíba, o concurso 5.881 da Quina, a Quina...

Vila Pavão volta a recomendar uso de máscaras

  A Prefeitura de Vila Pavão voltou a recomendar o uso de máscaras em recintos fechados, ambientes escolares e...

Barra de São Francisco faz bonito e vence jogos preparatórios para as Finais da COPA A GAZETINHA

Foi realizado neste sábado, 25/06/2022, às 08 horas da manhã no Estádio Municipal Joaquim Alves de Souza, três...