Acordo acelerará negócios voltados a serviços ambientais

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Carlos Melles, assinaram Acordo de Cooperação Técnica para acelerar negócios voltados a serviços ambientais. O acordo foi celebrado no âmbito do Floresta+ Empreendedor, novo eixo do Programa Floresta+, que foi lançado nessa quarta-feira (24).

Por meio da parceria, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) dá mais uma contribuição relevante para disseminar o conceito de pagamento por serviços ambientais pelo Brasil, com conhecimento técnico, relatórios e estudos robustos sobre o tema.

O Sebrae conta com mais de 1.700 pontos de presença próprios e com parceiros em todo o território nacional. Com essa estrutura, o mercado de serviços ambientais ganha abrangência em todos os biomas, com atuação local e atenção às particularidades de cada microrregião do Brasil.

O Sebrae oferece ainda a formação de líderes empreendedores, aceleração de pequenas empresas por meio de capacitação e mentoria, bem como acesso ao mercado de pagamento por serviços ambientais, permitindo a criação de novas empresas de serviços ambientais no Brasil assim como também o fortalecimento das pequenas empresas que atuam nesse mercado. A proposta é apoiar empreendedores interessados em prestar serviços ambientais, como vigilância e monitoramento ambiental e combate a incêndios florestais.

Floresta+

Desde a criação, o programa Floresta+ vem contribuindo para a criação de um mercado de serviços ambientais no Brasil, em que um pagador remunera um prestador de serviços ambientais, como vigilância ambiental ou prevenção de incêndios florestais.

 

Acordo acelerará negócios voltados a serviços ambientais

O Floresta+ vem contribuindo para a criação de um mercado de serviços ambientais no Brasil Foto: MMA

Leia mais

Leia também