Ações interministeriais fortalecem resposta à pandemia

Ações interministeriais fortalecem resposta à pandemia

Crédito: reprodução EBC

Os ministros da Saúde, Cidadania, Advocacia-Geral da União (AGU) e o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas estiveram no Palácio do Planalto para anunciar as ações interministeriais que estão sendo promovidas pelo Governo Federal para responder à emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao coronavírus (Covid-19) e a crise econômica em decorrência da doença.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, declarou que, após 30 dias desde o primeiro caso confirmado de coronavírus em território brasileiro, a pasta dimensionou o problema. “O problema extrapola muito o tamanho do Ministério da Saúde para a solução. Então, a partir de agora, começa um conceito ampliado de coordenação e controle das ações, em um formato em que o Ministério da Saúde fará demandas, que hoje estão sobrecarregadas [na pasta], e que o comitê operacional nos ajuda”, explicou.

Mandetta asseverou que o Sistema Único de Saúde trabalha com decisões tripartite (União, estados e municípios) com canal permanente de diálogo. “Vai ser através desse canal que a gente vai ter as condições [de decidir]. No momento, a gente deve manter o máximo grau de distanciamiento social para que a gente possa dar tempo para que o sistema se consolide na sua expansão. Nós estamos aumentando o sistema”, afirmou.

O ministro da Cidadania, Onix Lorenzoni, destacou a ampliação para 120 dias dos prazos para os benefícios de prestação continuada (BPC) e para o Programa Bolsa Família (PBF). “Não haverá família ou pessoa que será retirada dos dois programas, em virtude do Covid”, garantiu Lorenzoni. Ele falou ainda sobre a inserção de 1,22 milhão de novas famílias no PBF ainda em março para pagamento do benefício em abril. “Elevemos a cobertura [para o Bolsa Família]. No governo Bolsonaro, nós temos, pela primeira vez na história, um número de 14,29 milhões de famílias [atendidas] no programa”, asseverou.

Já o ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, lembrou que o momento que o Brasil enfrenta demanda de todos uma atuação serena, séria e baseada em bom senso de todos. “Um trabalho coordenado e sistêmico tendo como foco a defesa do cidadão e o interesse do cidadão. Temos sido demandados a tomar medidas e avaliar o impacto jurídico. Todas as medidas têm que ser avaliadas analisando quatro pilares fundamentais: a saúde; o desenvolvimento e as desigualdades sociais e regionais; os impactos econômicos;  e o impacto e viabilidade jurídica das medidas”, enumerou Mendonça.

Nesse sentido, o ministro destacou que a AGU designou 12 advogados da União para reforçarem a equipe da consultoria jurídica do Ministério da Saúde, outros quatro para os trabalhos que estão sob a coordenação a Casa Civil, além do redirecionamento interno do órgão, focado no atendimento com prazo mais célere possível nas demandas de combate ao coronavírus.

O Chefe do Estado Maior das Força Armadas, tenente-brigadeiro do ar Raul Botelho, falou sobre as ações que vêm sendo desenvolvidas, com destaque para o apoio à vacinação contra a gripe, a desinfecção e descontaminação de áreas de maior circulação como metrôs, rodoviárias  e estações de BRT, e o apoio a estados e municípios com a montagem de hospitais de campanha.

 

Leia mais

Cartório de Registro Civil de Barra de São Francisco emite nota a população

Prezados usuários, conforme determinação do Provimento nº 04/2020...

Com apoio do Itamaraty, 21,7 mil brasileiros já retornaram ao País

O MRE já auxiliou quase 28 mil brasileiros a voltarem ao País após o início da pandemia ...

Secont e PGE definem procedimentos para celebrar acordos de leniência

A Secretaria de Controle e Transparência (Secont) e a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) definiram os procedimentos...

Sicoob ES vai atuar com a linha de crédito Pronampe

O diretor-executivo do Sicoob ES, Nailson Dalla Bernadina O...

Leia também

ES: instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário

Um instrutor de tiros de 29 anos morreu na noite desta segunda-feira (13) após disparar acidentalmente contra ele mesmo. No momento do acidente, o instrutor...

Secretaria de Saúde amplia critérios de testagem em massa no Espírito Santo

A Secretaria da Saúde publicou, na tarde desta segunda-feira (13), a Nota Técnica COVID-19 Nº53/2020, que atualiza as definições de casos e critérios para...

Advogada capixaba afirma ter sido presa e agredida por policiais em delegacia

Caso teve início quando a profissional foi à delegacia em Vitória para atender um cliente preso em uma operação da PM. Para representante da...

Guidoni divulga nota sobre acidente que matou Jeeam Caseli na pedreira de Barra de São Francisco

O Grupo Guidoni divulgou uma nota sobre o acidente que provocou a morte de um funcionário e deixou outros dois ferido na pedreira de...