Ações do Projeto Avivar avançam com Roda de Conversa e novo núcleo em Monte Senir

Compartilhe

O Projeto Avivar, implantado há três meses em Barra de São Francisco avança a cada dia com novos serviços para os mais de 330 membros. Esta semana, parte da equipe esteve no distrito de Monte Senir, apresentado o projeto para cerca de 50 pessoas.

Segundo a coordenadora, Cleidmar de Almeida Rezende, a Cleidinha, em breve será implantado um núcleo no distrito para oferta dos serviços, inclusive com aulas de zumba, uma vez por semana. Ela informou ainda que será feita outra reunião na próxima semana e cadastramento de todos os interessados e interessadas no programa. “A intenção é oferecer os serviços do projeto lá mesmo e, mais tarde, expandir para outros distritos, sempre contando com nossa equipe multiprofissional”, comenta.

Na tarde desta quinta-feira, 19, outro serviço teve início. Trata-se da Roda de Conversa, que será realizada de 15 em 15 dias para fornecer orientações e conversar com as idosas e idosos sobre diversos assuntos, como ansiedade, violência doméstica e outros ligados à área de Saúde.

Hoje, o bate-papo foi com a clínica geral Aline Simões Gama, médica de família, recém incorporada à equipe, sobre hipertensão e diabetes.

Antes, porém, a Secretaria Municipal da Mulher, Habitação e Assistência Social (Semhas), através da assistente social Fabíola Medeiros, prestou alguns esclarecimentos sobre os benefícios do cadastramento dos membros no CadÚnico, para ter acesso a programas financeiros e sociais dos governos estadual e federal.

Segundo a assistente social do Projeto Avivar, Agraciene da Silva Veríssimo de Alcântara, o projeto firmou uma parceria com a Semhas para prestar serviços e esclarecer as idosas e idosas sobre os programas sociais do município em parceria com outras esferas do poder público.

Hipertensão e diabetes

A médica Aline Gama, fez um bate-papo com as idosas presentes na sede do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), no centro da cidade e falou sobre os cuidados que todos, idosos ou não, devem ter para evitar a hipertensão e o diabetes e também esclareceu sobre as principais causas dessas doenças.

Hipertensão e diabetes são duas das doenças crônicas que mais preocupam os profissionais da saúde em todo o mundo. Ambas são consideradas “assassinas silenciosas”, por não apresentarem maiores sintomas até o momento em que colocam em risco a vida do portador.

É por isso que o trabalho de prevenção e conscientização, com o objetivo de gerar uma mudança nos hábitos de saúde da população, é uma ferramenta fundamental para reduzir os riscos – e os custos assistenciais – gerados pela combinação destas doenças.

Segundo dados do Ministério da Saúde, um em cada quatro brasileiros vive sob este risco por causa da pressão alta.

No caso do diabetes, são 14 milhões de pessoas que precisam conviver com as limitações impostas pela doença.

Os riscos à saúde aumentam ainda mais quando a pessoa apresenta as duas enfermidades: é diabético e tem pressão alta. E como ambas as doenças se desenvolvem a partir de condições semelhantes, ligadas à falta de atividade física e à má alimentação, é cada vez mais comum encontrar casos assim.

A combinação de hipertensão e diabetes afeta principalmente os idosos. Cerca de 30% dos brasileiros com mais de 60 anos têm as duas doenças, que são causadoras da maioria dos episódios de AVC e infarto.

Uma doença leva à outra

Além de compartilhar alguns fatores de risco, como obesidade e sedentarismo, uma doença ainda pode contribuir para o surgimento ou agravamento da outra.

O diabetes pode causar instalação de um quadro de hipertensão, já que a resistência à insulina dificulta o acesso das células à glicose circulante. Isso deixa o sangue com níveis maiores de açúcar, o que contribui para o enrijecimento das artérias e o aumento da pressão.

Segundo pesquisas, a prevalência de hipertensão em indivíduos com diabetes tipo 2 é duas vezes maior que numa população de não-diabéticos.

Outro risco para o paciente com diabetes é sua maior propensão a desenvolver problemas renais. O mau funcionamento dos rins prejudica a eliminação de sal e água pela urina e o aumento destas substâncias na circulação pode elevar a pressão arterial.

Os diabéticos também sofrem com a oxidação mais rápida dos vasos sanguíneos pelo excesso de açúcar no sangue. Esta oxidação pode ser o primeiro estágio do processo de entupimento de uma artéria.

Mas as conexões entre hipertensão e diabetes não param por aí. O caminho inverso também pode ocorrer e a hipertensão tornar-se um fator de risco para o desenvolvimento do diabetes tipo 2. Como as causas das duas doenças são muito semelhantes, as mesmas condições que fizeram surgir a pressão alta podem também ocasionar o diabetes.

Sobre o Avivar

O objetivo do Programa Avivar é oferecer atendimento adequado aos idosos, com equipe multiprofissional, promovendo a manutenção da capacidade funcional e da autoestima e contribuindo para o envelhecimento ativo e saudável.

“A psicologia voltada para a terceira idade busca promover o bem estar dos idosos, auxiliando no enfrentamento de mudanças emocionais, psíquicas, físicas e sociais que acompanham o processo de envelhecimento. Nem sempre é fácil assimilar e aceitar as transformações. O acompanhamento psicológico possibilita que o indivíduo se abra às novas possibilidades oferecidas por essa fase da vida, e é fundamental que ele entenda as perdas e os ganhos e que reaja positivamente às mudanças ocorridas no processo de envelhecimento”, explica a psicóloga Nathália Gama, que atende no projeto.

Além de ofertar atividades preventivas de saúde, que serão realizadas nas academias Boa Forma e Barra Fitness, e também no Clube Vale do Sol e Escola Municipal João Bastos, dentro do programa os idosos também tem acesso à assistência social e consultas médicas com clínico geral, além de consultas com especialistas de geriatra, reumatologista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e outras.

Até o momento mais de 330 idosos realizaram inscrição. Ao ingressar no programa, o idoso preenche cadastro com os dados pessoais e dados relativos à saúde e uso de medicação. E antes de iniciar as atividades físicas e recreativas, o idoso participante será submetido a avaliação médica para elaboração de laudo de aptidão.

Os idosos – de 60 anos acima – que desejarem participar do Programa Avivar, podem realizar inscrição na Galeria Surdine, ao lado Banestes, em frente à praça Arlindo Pinto da Costa das 8h às 11h e das 13h às 17h, e de 13h às 16h de segunda a sexta-feira e aos sábados, no final da tarde, nas aulas de zumba na praça.

É preciso apresentar os seguintes documentos:  

Carteira de Identidade;

CPF;

Cartão SUS e;

Comprovante de residência.

O idoso também deve informar o número de telefone pessoal e de mais dois contatos e nome dos remédios de uso contínuo.

“A finalidade do projeto Avivar é também promover e incentivar a prática regular de exercícios físicos dos nossos idosos, a fim de proporcionar melhor qualidade de vida e promover o bem estar físico, social e mental com a liberação de hormônios do bem estar, como endorfina, melatonina, serotonina e dopamina. Quanto mais ativo se torna os idosos, mais benefícios e segurança eles terão na execução das suas atividades diárias, como levantar-se, vestir-se, tomar banho, caminhar, entre outras práticas diárias”, explica a coordenadora do projeto, Cleidinha.

Modalidades que são ofertadas 

Hidroginástica e natação Clube Vale do Sol

Aeróbica: Escola Municipal João bastos

Outras atividades: Academia Barra Fitness e Boa Forma

Profissionais do Projeto Avivar 

Coordenadora: Cleidmar de Almeida Rezende

Professor de Educação Física: José Augusto Alves

Médico: Eduardo Jório Machado

Médica da Família: Aline Simões Gama

Enfermeira: Bárbara Algusta Flausino

Psicóloga: Nathalia Cristina Alves de Souza Gama Rodrigues

Assistente Social: Agraciene da Silva Veríssimo de Alcântara

Nutricionista: Arlete Pereira de Souza

Reunião em Monte Senir

Roda de Conversa no Creas

Leia também

Polêmica com Pabllo Vittar e Zé Felipe tem troca de farpas e até hashtag

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Num tom irônico, a cantora Pabllo Vittar fez críticas ao YouTube, questionando o...

Litro da gasolina deve ficar R$ 0,81 mais barato nos postos do Espírito Santo, diz governador

O preço do litro da gasolina deve ficar R$ 0,81 mais barato nos postos do Espírito Santo. O...

Polícia Federal quer criar DNA do ouro para combater crimes cometidos na comercialização do mineral

Uma plataforma digital criada pelo Instituto Escolhas, que mapeia caminhos do comércio ilegal de ouro, revela que o...

Morre homem encontrado com bala na cabeça em Mantenópolis

Morreu neste fim de semana João Batista da Silva, de 48 anos, homem que havia sido socorrido na...

Servidores continuam com trabalho intenso de limpeza em Barra de São Francisco

Servidores da secretaria de Limpeza e Serviços da prefeitura de Barra de São Francisco, estão em ação nesta...

Homem morre em acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga

Um grave acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Ecoporanga, próximo ao Córrego do Paraíso,...