Acidentes em rodovias federais do Espírito Santo deixaram 2 mortos e 50 feridos no feriado prolongado

Os acidentes registrados nas rodovias federais que cortam o Espírito Santo deixaram dois mortos e 50 feridos no feriado prolongado da Independência.

Os dados são referentes ao período de realização da Operação Independência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre a última sexta-feira (4) e segunda (7).

A ação teve como foco principal as ações preventivas para redução da violência no trânsito e o enfrentamento à criminalidade.

Em razão da extensão do feriado, com o aniversário de Vitória, o reforço na fiscalização foi mantido pela PRF até a meia-noite de terça (8), porém, os padrões de divulgação dos dados nacionais foram finalizados às 23h59 de segunda.

Durante os quatro dias da operação, a PRF intensificou a fiscalização e o policiamento, que ficaram concentrados ao longo dos trechos com maior incidência de acidentes graves e de criminalidade e nos horários de mais movimento.

Segundo a PRF, foram flagrados o cometimento de diversas infrações e imprudências nas rodovias federais do estado. Durante a operação 4.453 veículos foram fiscalizados e consultados nos sistemas.

A PRF flagrou 168 pessoas sem cinto de segurança, 288 ultrapassagens proibidas e 749 registros de excesso de velocidade.

Foram registrados 42 acidente. Em 2019, o feriado da Independência ocorreu durante o fim de semana, não havendo operação de feriado, portanto, não há dados comparativos.

Ainda de acordo com a PRF, os dados apontados no balanço nortearão o órgão para os futuros trabalhos educativos e fiscalizações específicas no combate as principais infrações que geram um aumento da violência no trânsito.

Durante os quatro dias de operação, a PRF recuperou cinco veículos com registro de roubo ou furto e 25 pessoas foram detidas por diversos crimes.

 

Leia mais

Leia também