Abrace o Marajó: lançado plano de ações para melhorar a qualidade de vida de quem vive na região

Abrace o Marajó: lançado plano de ações para melhorar a qualidade de vida de quem vive na região

Uma das iniciativas que integra o plano de ação é a Ouvidoria Itinerante, que levará o Disque 100 e o Ligue 180 Foto: Alan Santos/PR

Para atender uma região que concentra municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a Ilha do Marajó, foi lançado nesta sexta-feira (9), em Breves, no Pará, o Plano de Ação 2020-2023 do programa Abrace o Marajó. São 110 iniciativas voltadas à geração de empregos e renda, melhoria da educação e da saúde.

“Aqui já está orçado R$ 1 bilhão para Marajó na primeira fase. Até o final, vamos passar de R$ 4 bilhões”, disse a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, ao anunciar o plano de ação.

O Presidente Jair Bolsonaro e uma comitiva de ministros participaram de cerimônia em Breves para o anúncio das medidas. O programa Abrace o Marajó foi lançado em março deste ano com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico dos 16 municípios paraenses que compõem a Ilha do Marajó e melhorar as condições de vida da população.

Ouvidoria Itinerante

Uma das iniciativas que integra o plano de ação é a Ouvidoria Itinerante, que levará o Disque 100 e o Ligue 180 – serviços de denúncias de violações de direitos humanos – as duas agências-barco da Caixa para atender a população marajoara. Os barcos atendem municípios do Pará e do Amazonas.

A ação é uma parceria do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos com a Caixa e vai permitir que as comunidades ribeirinhas e os moradores de cidades que não têm canais presenciais para esse atendimento sejam recebidos pelos servidores do ministério nas embarcações.

“Dentro do barco da Caixa agora vai ter uma ouvidoria nacional de direitos humanos. O Disque 100 e o Ligue 180 vão estar dento do barco da Caixa e um servidor do nosso ministério vai estar lá dentro para gente proteger mulheres e crianças. Preciso mandar um recado para os pedófilos, abusadores de crianças: acabou para vocês no Marajó”, ressaltou a ministra Damares Alves.

De acordo com o ministério, em 2020, serão realizadas duas viagens. A partir de janeiro do ano que vem, a previsão é que o projeto seja implementado de forma permanente no trajeto das agências-barcos.

O Disque 100 e o Ligue 180 são serviços gratuitos para denúncias de violações de direitos humanos e de violência contra a mulher.

O plano também prevê atividades de capacitação em direitos humanos para gestores municipais. Tem ainda ações para ampliar o acesso à internet e a energia elétrica por meio de sistemas de geração de fontes renováveis. E projetos para atender as pessoas com deficiência.

Segurança Alimentar

Por meio da Operação Pão da Vida segue a entrega de cestas básicas para garantir a segurança alimentar e a distribuição de itens de higiene em tempos de Covid-19.

A meta é entregar 96 mil cestas em todas as localidades do arquipélago. Cerca de 28,5 mil cestas e 200 mil itens de higiene já foram distribuídos.

Desenvolvimento

Com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Abrace o Marajó vai implementar a modernização das 16 prefeituras do arquipélago. O objetivo é aprimorar os meios de atendimento ao cidadão e às empresas. A previsão é que a iniciativa seja entregue em 2022.

Também deverão ser desenvolvidas atividades para estimular novos empreendimentos locais.

Abrace o Marajó

O programa conta com a participação de 16 ministérios e é coordenado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Tem ainda a parceria de outros órgãos e instituições para realizar as ações previstas no plano de ação.

De acordo com a ministra Damares Alves, a população local poderá acompanhar a execução do Programa Abrace o Marajó. “Todo marajoara vai receber o plano no seu celular para vocês acompanharem se está sendo feito ou não e cobrar da ministra, do governo e de quem está executando o projeto”, afirmou.

O arquipélago abriga cerca de 500 mil pessoas e inclui o município com pior IDH do Brasil: Melgaço. Há outros que integram a lista dos 50 piores índices do país. De acordo com o ministério, a Ilha do Marajó tem altos índices de exploração sexual e violência contra crianças e mulheres.

Leia mais

Municípios devem receber 650 Mi para saúde mental em função dos impactos da pandemia

Com foco em amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde vai repassar aos municípios brasileiros R$ 650 milhões para...

Vila Pavão anuncia férias coletivas para servidores

A  Prefeitura de Vila Pavão decidiu, nesta sexta-feira (20),...

Espírito Santo chega a 69.918 curados e 2.600 óbitos em 85.215 casos de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até esta segunda-feira (3), 2.600 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 85.215. O índice de letalidade...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Nordeste do país tem tempo aberto, nesta segunda-feira (27)

A região Nordeste do país tem tempo quente e seco, nesta segunda-feira (27), principalmente no interior. Os ventos úmidos que sopram do oceano combinados...

Leia também

MEC e FNDE promovem evento para esclarecer gestores sobre uso do recurso emergencial do PDDE

O Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) promoveram, nesta segunda-feira (26), um webinar para esclarecer a melhor...

Projeto de Lei suspende prazo para prestação de contas em iniciativas da educação básica

Um Projeto de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados pretende suspender, durante o estado de calamidade pública por causa da Covid-19, a prestação...

Presidente do Congresso prorroga Casa Verde Amarela por mais 60 dias

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), prorrogou por mais 60 dias a medida provisória que cria o programa habitacional Casa Verde...

Prorrogado prazo de inscrição no Cadastro Único para beneficiários do BPC

O Governo Federal prorrogou, mais uma vez, o prazo de inscrição no Cadastro Único para favorecidos do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A medida...