A semana promete velhas e novas emoções

A CPI da Pandemia no Senado tem sido a grande fonte de notícias para jornais, portais, blogs, rádios, tevês, etc. Já foram lá depor nomes importantes relativos ao tema. A começar pelos ex-ministros da Saúde Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello. E também das médicas Mayra Pinheiro, Nise Yamaguchi e Luana,  Araújo, além do embaixador Ernesto Araújo, do almirante Barra Torres, da Anvisa, do publicitário Fábio Wajngarten e do Dr. Dimas Covas, do Instituto Butantan.

A agenda dessa semana prevê a presença do coronel Élcio Franco — que foi assessor do Ministério da Saúde no período Pazuello –, da infectologista Natália Pasternak e, possivelmente, o retorno à Comissão de Marcelo Queiroga. Estão em discussão a convocação do deputado Osmar Terra, de governadores e prefeitos e ainda do general Pazuello.

São, por fim, temas que com certeza irão prender a atenção de todos.

Sem falar que nessa terça-feira a polêmica questão da realização da Copa América no Brasil pode ser decidida. Após o jogo da Seleção contra o Paraguai, os jogadores e a comissão técnica dirão sua posição sobre participação ou não na competição. A crise aberta com a suspensão do presidente da CBF, Rogério Caboclo, acusado de assédio sexual, torna ainda mais imprevisível o desfecho da questão.

E também da progressão de casos de infecção e óbitos decorrentes da Covid-19. E mais: surgirão novos acontecimentos, novas emoções? A ver…

Foto: Orlando BritoFoto: Orlando Brito


Leia mais

Leia também