A liberdade de imprensa e o direito à informação

Compartilhe

O Brasil é um Estado Democrático de Direito, conforme prevê a Constituição Federal de 1988, nossa lei maior. Nesta forma de Estado, a soberania popular é fundamental para o desenvolvimento de uma sociedade democrática. Dos vários mecanismos existentes para fortalecimento da soberania do povo, destaca-se a liberdade de expressão e o direito à informação.

O termo “informação” nos remete automaticamente à imprensa, que por sua vez carrega grande responsabilidade: incentivando debates, promovendo trocas de ideais, denunciando irregularidades, etc.

O artigo 220 da Constituição Federal Brasileira, dispõe: “A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.” Complementando o parágrafo primeiro do mesmo artigo: “…nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social.”

É de suma importância que o cidadão entenda que a imprensa é um prestador de serviços à comunidade e que a característica de ausência da influência estatal quer dizer independência, sendo assim, qualquer limitação ou opressão à liberdade de imprensa ou expressão, figura como censura.

Em um passado não muito distante, a imprensa foi censurada e assim notícias, livros, canções, peças teatrais, novelas, dentre outros meios, passaram a ser inspecionados e aprovados por agentes estatais. O objetivo da forte influência estatal? O silêncio! Assim, a população desconhecia o cenário catastrófico que o Brasil enfrentava: torturas, mortes, abuso de poder, etc.

Quando tal realidade é apresentada, percebemos o quanto é importante o livre acesso à informação, a livre manifestação de opinião, seja ela política, científica, religiosa, artística ou comunicação. Você consegue imaginar como seria o acesso a informações, sem a existência da imprensa? Se sua resposta for não, você conseguiu entender a exposição acima.

A Constituição Federal veda toda forma de censura, a qualquer veículo de comunicação social. Por certo, uma forte democracia em vez de oprimir, estimula a liberdade de imprensa, uma vez que a mesma também é pressuposto de garantia ao exercício de direitos individuais e sociais, e mais, é o instrumento necessário para promoção de nossa liberdade. Não se esqueçam!

JAMILLE BATISTA DE SOUSA
ADVOGADA OAB/ES 22.319
Contato: (27) 99612-2402
Instagram: @advogadajamillebatista

 

Leia também

Marco do saneamento abre caminho para investimentos em municípios de baixa renda

Os investimentos em saneamento básico garantem melhores condições de saúde à população e podem ser aplicados mesmo em...

Artesãos de Vila Pavão já podem se inscrever para participar da 23ª Pomitafro

Os artesãos e artesãs do município, interessados em expor e...

‘Esse vírus é um perigo’ diz pai de Anitta ao ser internado por Covid-19 após AVC e câncer

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mauro Machado, o pai da cantora Anitta, 29, foi internado novamente após contrair...

Projeto Doce Vivo completa dois anos e contribui para os cuidados com a água do Rio Doce

  O projeto Doce Vivo, que busca orientar as comunidades da bacia do rio Doce sobre os cuidados com...

Barra de São Francisco sedia finais gerais da Copa A Gazetinha de 18 a 23 de julho

A 45ª edição da Copa A Gazetinha 2022 disputada na Categoria Juvenil (atletas nascidos em 2005 e 2006...

Flamengo anuncia saída de Isla e chegada de Everton Cebolinha

  Um dia após anunciar a chegada do atacante Everton Cebolinha, o Flamengo comunicou nesta terça-feira (21) a saída...

General fica em silêncio em comissão eleitoral, e Defesa insiste em encontro com TSE

  CÉZAR FEITOZA BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Mesmo insistindo em reunião exclusiva com TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para...

Corinthians tem volta de cinco emprestados como opções para aumentar elenco

DIEGO IWATA LIMA SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS0 - Após a vitória do Corinthians sobre o Goiás por 1...