A China não comprometerá seus interesses centrais no diálogo com os EUA, afirma embaixador


“Para qualquer diálogo entre países, um pré-requisito básico é que ambos os lados tenham o espírito de igualdade e respeito mútuo”, disse o embaixador da China nos EUA, Cui Tianka durante uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (17), na véspera do diálogo entre os ministros das Relações Exteriores de ambos os países,que se realiza nesta quinta e sexta-feira em Anchorage, no Alasca.

“Quando seus interesses principais estão envolvidos, a China não tem espaço para recuar. Esta posição também será claramente exposta durante o diálogo”, disse Cui.

Se algumas pessoas presumirem que a China dirá sim a quaisquer demandas unilaterais de qualquer lado apenas por alguns “resultados” do diálogo, elas deveriam desistir, disse Cui, segundo a Xinhua.

(Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também