A BRIGA DOS COMERCIANTES INDESEJADOS PELOS CLIENTES.

vaca-15841

 

Cheguei para trabalhar em uma comarca do interior e me deparei com uma pendenga para resolver. Dois donos de funerárias haviam entrado em vias de fato por causa da concorrência pelos serviços funerários. Um acusava o outro de fazer plantão na porta do hospital a espera do próximo defunto. A historia é de que havia um funcionário do nosocômio que passava informações privilegiadas para uma das agencias funerárias, ou seja, já avisava quem estava próximo de bater com a bunda na cerca ou comer o capim pela raiz. Na seqüência o conhecido como “papa defunto” cercava os parentes do de cujus para vender a urna mortuária e os serviços da ultima hora.

O denunciante foi até a promotoria para apresentar as reclamações que tinha contra a concorrência. Também se antecipou e levou a papelada relacionada a atividade de sua funerária na cidade. Ao manusear a documentação um contrato me chamou a atenção pelo seu titulo: PLANO DE ASSISTÊNCIA FUNERÁRIA. Dei uma lida e vi que o cliente se obrigava a pagar por prazo indeterminado a quantia de dez reais por mês. Em contrapartida a funerária iria ceder a o caixão e os serviços póstumos. Perguntei ao moço qual era o preço da urna que ele fornecia pelo chamado plano de assistência funerária. É o mais em conta, custa duzentos e cinqüenta reais, respondeu o indesejado comerciante. Fiz um calculo rápido e conclui que aquele plano só era bom para o cliente se este falecesse em menos de dois anos, pois, do contrario, era melhor aguardar e comprar o produto à vista.

A briga entre aqueles dois comerciantes continuou por um muito tempo. O corpo dos que partiam para a eternidade continuou a ser disputado a unhas e dentes. O tal plano funerário funcionava mesmo. Um dia um velhinho mandou fechar a conta e pediu para falar com São Pedro. A família contatou com o dono de uma das funerárias e o corpo do idoso foi retirado do hospital e levado para os preparativos derradeiros. O dono da funerária concorrente procurou a família do extinto e perguntou por que eles não estavam fazendo o uso do plano de assistência funerária. Os parentes ao ver que nao precisavam gastar com o morto se limitaram a mandar que o plano fosse posto em ação.

Existe um problema, falou o homem que faria os serviços. Eu não apanho o corpo do falecido lá na concorrente, mas se vocês mandarem voltarem com o morto para o hospital, de onde tiraram, eu me encarrego de tudo. O concorrente, além de perder o freguês, foi obrigado a levar o corpo do vovozinho para o hospital.

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia mais

Mais de 160 mil trabalhadores ficaram sem remuneração em maio no Espírito Santo

Do total de 1,8 milhão de trabalhadores do Espírito Santo, 328 mil estavam afastados do trabalho e, entre estes, 162 mil estavam sem sua...

Gustavo Lacerda inicia Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Barra de São Francisco

Neste mês de maio, o Programa Mais Saúde, apresentado pelo ex-diretor do Hospital de Barra de São Francisco, Gustavo Lacerda, vai levantar casos de...

QUEM NÃO TOMA TARJA PRETA?

  Outro dia estava eu atuando como acusador no Tribunal do Júri e veio o advogado com a tese de que o réu era absolutamente...

Leia também

Espírito Santo chega a 2.720 óbitos e 76.985 curados em 91.146 casos de Coronavírus; veja mais informações

Na comparação com os dados divulgados nesta sexta-feira (7), o aumento é de 22 mortes e 1.223 novos casos da doença. O Espírito Santo registrou,...

Espírito Santo: empresa doa computador e coloca internet na casa de aluno surdo

Antes da doação, uma professora percorria 40 quilômetros para dar aula ao estudante. Uma empresa doou um computador e internet para ajudar o estudante de...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Centro-Oeste do país tem tempo quente e seco, neste domingo (9)

Nada muda e o tempo quente e seco permanece sobre a região Centro-Oeste do país, neste domingo (9), em Mato Grosso, Mato Grosso do...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Norte do país tem tempo quente e seco, neste domingo (9)

Previsão de tempo quente e seco na região Norte do país, neste domingo (9). A chuva segue restrita ao norte da região, com maiores...