Polícia Civil realiza operação para desarticular quadrilha que atua no tráfico de drogas na Zona da Mata

Neste domingo (23), são cumpridos 30 mandados de prisão e 45 mandados de busca domiciliar. Ação também ocorre simultaneamente na Região Metropolitana de Belo Horizonte e no estado do Espírito Santo.

Polícia Civil deflagra a Operação ‘Marcos, 4:22’ em cidades da Zona da Mata — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por G1 Zona da Mata

 

Foi deflagrada pela Polícia Civil de Minas Gerais, na manhã deste domingo (23), a Operação “Marcos, 4:22” na Zona da Mata. São cumpridos 30 mandados de prisão e 45 mandados de busca domiciliar nas cidades de Muriaé, Divino, Fervedouro, Carangola e Juiz de Fora, além de São João do Manhuaçu, Pedra Bonita e Ponte Nova.

O helicóptero “Carcará” da Polícia Civil apoia as equipes que cumprem as diligências em solo.

Segundo a corporação, o objetivo da ação é desarticular uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas na área de Muriaé e região. A ação também ocorre simultaneamente na Região Metropolitana de Belo Horizonte e no estado do Espírito Santo, com o apoio da Polícia Civil local.

Conforme a Polícia Civil, as investigações demonstraram um complexo esquema de tráfico de drogas que subsistia há décadas na cidade de Divino, com ramificações em várias outros municípios da região e até mesmo fora do estado de Minas Gerais. As apurações foram realizadas por uma força-tarefa formada por policiais das delegacias de Divino e de Fervedouro, com apoio da Agência de Inteligência da Regional de Muriaé.

O nome da operação faz alusão à passagem bíblica do evangelho segundo Marcos, que no capítulo 4, versículo 22, afirma: “Pois nada há de oculto que não venha a ser revelado, e nada em segredo que não seja trazido à luz do dia”.

A polícia ainda não tem um balanço parcial da Operação.

Leia mais

Leia também