Projeto em escola da Serra aborda mudanças e transformações geradas pelo tempo

Uma das atividades é o Museu da Evolução, que mostra objetos antigos.

Com intuito de trabalhar a percepção da passagem do tempo através das mudanças e transformações do ambiente, hábitos e costumes, as professoras da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Manoel Lopes, na Serra, Luciana Pollo e Tatiana Alves, iniciaram, na manhã desta terça-feira (10), as atividades do projeto “Uma Viagem no Tempo”, que serão realizadas ao longo de todo mês de março.

Durante o primeiro dia da ação, os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre história e as funcionalidades de alguns dos objetos de leitura do tempo, como do relógio e calendário. Como uma simbologia de todo o conteúdo iniciado e das atividades propostas pela iniciativa, os alunos enterraram uma “cápsula do tempo”, contendo objetos pessoais e recados em formato de papiros.

O “museu da evolução” é outra atividade que fará parte desse projeto, para que os estudantes possam identificar, em simples objetos como aparelhos celulares, as mudanças ocorridas ao longo dos anos.

Luciana Pollo explicou que no início do projeto, “o objetivo é mostrar aos nossos estudantes como alguns objetos, tão comuns no cotidiano deles, em pouco tempo já passam a ser bem diferentes ou até mesmo já deixaram de existir”.

“Os estudantes de todas as salas do turno vespertino já tiveram a oportunidade de visitar o museu, tirando dúvidas e conhecendo os objetivos antigos”, contou.