Duas mulheres são internadas na mesma noite e denunciam agressões de companheiros no ES

Um dos casos aconteceu no bairro Nova Canaã, em Cariacica: uma segurança de 25 anos foi brutalmente agredida pelo companheiro, um motorista de aplicativo.

Mulheres estão internadas no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, Vitória

Mulheres estão internadas no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, Vitória

A semana começou com mais dois casos de mulheres internadas após serem agredidas por companheiros, na Grande Vitória. Na noite deste domingo (12), as vítimas foram socorridas para o Hospital de Urgência e Emergência, em Vitória, com ferimentos provocados pela violência doméstica. Nos dois casos, os agressores fugiram.

Um dos casos aconteceu no bairro Nova Canaã, em Cariacica. Uma segurança de 25 anos foi brutalmente agredida pelo companheiro, um motorista de aplicativo de 29. Foi por volta das 23h deste domingo.

Foi a irmã e o cunhado da vítima que viram a agressão e pediram socorro. “Eu e meu esposo ouvimos um barulho muito forte quando deitamos pra dormir, já passava das dez da noite. Quando eu cheguei perto da janela dela, ela pediu socorro e eu vi ele jogando minha irmã contra a parede. Meu marido arrombou a porta e segurou ele, eu já fui pra cima dela pra ajudar e gritei meu pai. Ele pisava no rosto da minha irmã.”

Porta precisou ser arrombada para que as agressões fossem interrompidas, em Nova Canaã

Porta precisou ser arrombada para que as agressões fossem interrompidas, em Nova Canaã

A irmã, que preferiu não se identificar, disse que ficou muito emocionada com a situação e que a vítima ficou com muitos ferimentos no rosto. “Foi desesperador. Ela ficou com muito sangue no rosto, não conseguia falar”, disse. O agressor fugiu em seguida.

Foi um vizinho que socorreu a mulher para o hospital. A irmã contou que nunca soube de alguma agressão anterior, mas disse que o casal – que está junto há cerca de um ano – não se dava tão bem.

“Eles brigavam muito, muita discussão, mas nunca comentaram de separação. Nunca soube de agressão física, mas agressão verbal várias vezes”, informou.

Quase na mesma hora que a moradora de Nova Canaã chegou ao Hospital de Urgência e Emergência, uma outra mulher que também foi agredida pelo companheiro também foi internada.

Policiais foram chamados pra socorrer uma mulher que estava sendo agredida no bairro Barramares, em Vila Velha. A mulher de 26 anos estava com um corte no rosto provocado por vários socos que levou do companheiro. O homem de 31 anos fugiu.

Os dois casos estão sendo investigados pela Polícia Civil. Nenhum suspeito foi preso ainda.