Brasil: irmãos gêmeos nascem em anos diferentes; aniversário “preocupa” mãe

Foi uma emoção em dobro saber que ele veio em 2020 e ela, em 2019

Nathan Lopes / Do UOL, em São Paulo

O nascimento de um casal de gêmeos no Rio está separado por datas diferentes. Apesar de terem nascido com uma diferença de três minutos, os irmãos Rian e Gabriele ganharam vida em anos distintos.

A menina nasceu às 23h58 de 31 de dezembro de 2019 e o menino, à 0h01 de 1º de janeiro de 2020. O parto das crianças foi realizado no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, na capital fluminense.

Segundo a RioSaúde, empresa pública que administra o hospital, eles são, respectivamente, o último bebê de 2019 e o primeiro de 2020.

“Foi uma emoção em dobro saber que ele veio em 2020 e ela, em 2019. Agora estou pensando quando for fazer festinha de aniversário, se tem que bater parabéns antes ou depois”, brincou a mãe dos gêmeos, a operadora de caixa Jozeni Silva de Lima, 40.

Jozeni chegou ao hospital às 23h10 de ontem em trabalho de parto. Ela estava na 35ª semana de gestação e passou por uma cesariana.

A operadora diz que, por volta das 22h, depois de fazer a ceia de Ano-Novo, começou a sentir as contrações e foi tomar banho. “As contrações foram vindo, vindo, aí eu vim para a maternidade e a bolsa estourou”, contou.

Além de Rian e Gabrielle, Jozeni é mãe de um rapaz de 20 anos. Os gêmeos são os primeiros filhos de seu relacionamento com o ajudante de entrega de fretes Rodrigo Faustino da Silva.

Rian nasceu com 2,86 quilos e 49 centímetros. Já Gabrielle, com 2,46 quilos e 47 centímetros. “Já está pronto o bercinho. Tudo perfeitinho. O berço é para dois, um berço grande, para os dois.”