Com salários de até R$ 5,9 mil, fundação seleciona profissionais de comércio exterior no ES

Profissionais da área de comércio exterior têm a oportunidade de inscrever no processo seletivo de contratação de bolsistas para atender a 200 empresas do Espírito Santo por meio de assistência e consultoria.

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação (Fapes) vai selecionar 13 bolsistas entre monitores, técnicos e extensionistas juniores. As contratações têm validade de dois anos e as remunerações são de R$ 5,9 mil para monitor, R$ 4,8 mil para técnico e R$ 750 para extensionista júnior.

Até 8 de fevereiro, os interessados devem se inscrever por meio da Plataforma SigFapes, de acordo com as instruções do edital.

A ação faz parte do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex-ES), que teve edital lançado pela Fapes em dezembro.

É necessário ter curso de graduação completo, preferencialmente em Comércio Exterior, Administração ou Relações Internacionais; ou, no caso dos extensionistas juniores, ser aluno de graduação.

O programa é desenvolvido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex), em parceria com o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes). A gestão, a contratação e o acompanhamento dos bolsistas são de responsabilidade da Fapes.

Treinamento e operação

Apesar de ter sido lançada para contratação de 13 bolsistas, a chamada pública do Peiex vai selecionar um total de candidatos até cinco vezes o número de vagas de cada modalidade de bolsa para serem treinados pela Apex. Haverá emissão de certificado para esses participantes, independente se forem contratados ou não.

Os 13 bolsistas serão escolhidos para atuação em um dos núcleos operacionais do programa, localizados em Vitória, Linhares e Cachoeiro de Itapemirim. A carga horária é de 40 horas para técnico e monitor e de 20 horas para estagiários.