Casa onde irmãos morreram queimados é devolvida ao dono

Por André Rodrigues e Ariele Rui, G1 ES e TV Gazeta

A casa onde os irmãos Kauã, de 6 anos, e Joaquim, de 3, foram mortos queimados pelo pastor George Alves, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, foi devolvida ao dono nesta quinta-feira (17) após passar por perícia da Polícia Civil.

A casa estava interditada pela polícia desde o dia do crime, que ocorreu em 21 de abril de 2018. Na perícia, os peritos usaram luminol, substância para identificar sangue dentro do imóvel. Outros procedimentos também foram utilizados como uma maneira de colher provas.

O dono da propriedade esteve no local na manhã desta quinta-feira (17) para fazer uma limpeza. Móveis e objetos queimados foram retirados da casa. O dono da residência não quis gravar entrevista, porém, informou que pretende vender “tudo”.

O incêndio aconteceu no dia 21 de abril na casa alugada pela família. O pastor foi preso no sábado (28) e está preso no Centro de Detenção de Viana II. George era o único que estava na casa no momento do incêndio e disse à época ter tentado salvar as crianças.