Cachoeirinha de Itaúnas, em Barra de São Francisco, tem 6 cemitérios

No início deste mês de dezembro de 2018, uma matéria falou sobre pessoas que morriam na localidade de Imburana, interior de Ecoporanga, e que a décadas existia uma “polêmica” no momento de enterrar a pessoa.

É que corpos de moradores católicos e evangélicos eram sepultados em cemitérios diferentes. Veja aqui

Pois bem, após a divulgação da matéria, chegou ao nosso conhecimento de que na região do distrito de Cachoeirinha de Itaúnas, interior de Barra de São Francisco, um dos mais distantes da sede do município, tem 6 cemitérios, sendo que dois estão localizados na sede do distrito e os demais estão nos córregos que abrange Cachoeirinha de Itaúnas.

De acordo com o morador do referido distrito, o ex-vereador Carlos Rubens, o Carlim da Dengue, antigamente existia esse mesmo problema, ou seja, corpos de moradores católicos e evangélicos eram sepultados em cemitérios diferentes.

Todos vivem em harmonia no distrito, mas no passado, segundo Carlim, tinha essa coisa de religião e talvez por este motivo tem dois cemitérios na sede do distrito e mais quatro nas proximidades, ou seja, nos córregos.

“Eles falam que um era dos evangélicos e o outro era dos católicos. Quando morria alguém, a pessoa era enterrada em um dos dois cemitérios da sede, dos católicos ou dos evangélicos, dependia de qual religião a pessoa era”, disse Calim da Dengue.