Balanço de governo: Hartung vai deixar R$ 450 milhões em caixa

Foto: Andressa Balbi

O governador Paulo Hartung (sem partido) apresenta na manhã desta sexta-feira (28) um balanço de sua gestão. Em coletiva de imprensa no Palácio Anchieta, ele afirma que deixará R$ 450 milhões em caixa para seu sucessor, Renato Casagrande (PSB).

Hartung enumerou os principais desafios de seu mandato e citou os problemas com a crise hídrica, crise do gás e petróleo e da paralisação da Samarco, após o desastre em Mariana. “Mesmo com estes desafios, vamos computar um investimento de R$ 1,4 bilhões, sendo que destes valores, R$ 800 milhões são de recursos do Tesouro”, informou.

Homenagens

A poucos dias de entregar o cargo, Hartung aproveitou para falar da tristeza com a morte do ex-governador Gerson Camata. A Rodovia ES-482, entre Cachoeiro de Itapemirim e o Distrito de Coutinho, receberá o nome do ex-governador.

Futuro

Hartung já aceitou convite feito pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, para integrar o conselho consultivo do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ele também citou o convite feito por lideranças nacionais para que assumisse a administração do Rio de Janeiro. “Vou lembrar dos capixabas com gratidão. Sou uma pessoa muito agradecida, foram oito eleições e oito mandatos no Espírito Santo. Agradeço os capixabas por me deixar apresentar minha gestão”, afirmou.

A coletiva está em andamento no Palácio Anchieta. Mais detalhes em instantes.