Silvio Santos não abraça Claudia Leitte para “não ficar excitado”

Existem vários episódios de constrangimento protagonizados por Silvio Santos. É só dar uma caçada no Youtube para encontrar. Mas, provavelmente, nada supera o que ele fez no sábado à noite durante o Teleton.

O vídeo circulou bastante no domingo e é uma das coisas mais bizarras já vistas não só no SBT, mas talvez na TV brasileira. Silvio recebeu Claudia Leitte e, como sempre faz, começou a conversar com ela, mas foi aquele tipo de coisa sem noção nenhuma.

Claudia usava um vestido justo, mas ok. Com isso, o apresentador começou a dizer que não iria abraçá-la para não ficar excitado. A cantora, já visivelmente constrangida e surpresa, tentou até dar uma arrumada na coisa e disse “mas é excitado no sentido de alegre, né?”. Silvio, sem a menor cerimônia, falou: “não, é excitado mesmo”.

Não foi apenas Claudia quem ficou surpresa e até estarrecida com a “brincadeira” do apresentador. Íris Abravanel estava na plateia e a câmera mostrou sua reação à situação e deu para ver bem que ela também ficou incomodada com o marido, assim como uma das filhas do casal. Não satisfeito, Silvio continuou soltando frases e mais frases constrangedoras. Claudia Leitte fazia expressões de quem não estava acreditando no que estava ouvindo. Possivelmente sua vontade naquele momento era o de sair correndo do palco. Afinal, o que o apresentador fez foi assédio na cara dura. Pode parecer engraçado e até sem noção para muita gente. Uns vão dizer que é efeito da idade, mas não dá para se enganar: Silvio não pode fazer uma coisa dessas simplesmente porque não é certo. É o tipo de “brincadeira” que não é aceita de jeito nenhum.

O Teleton, sem dúvida, é uma causa nobre. Mas passou a ser um perigo gigantesco para o SBT, uma vez que é transmitido ao vivo e aí não tem como controlar Silvio Santos. Não há possibilidade de editar o que o dono do canal fala. Uma verdadeira batata quente que deve causar pesadelos na cúpula do canal.

Atualização

Na manhã desta segunda (12), Claudia Leitte publicou um texto em seu perfil no Instagram falando sobre o que aconteceu. Sem citar o nome de Silvio Santos, ela disse o seguinte:

“Aonde quer que eu vá, minha entrega é total. Tem que ser com todo amor do mundo, especialmente quando se trata de contribuir para o bem de alguém.

Senti-me constrangida sim!

Quando passamos por episódios desse tipo, vemos em exemplificação, o que acontece com muitas mulheres todos os dias, em muitos lugares. Isso é desenfreado, cruel, nos fere e nos dá medo. A provocação vem disfarçada de piada, e as pessoas riem, porque acostumaram-se, parece-nos normal! E lá se vai a nossa vida, cheia de reflexões quanto ao que usar como artista, como empresária, como esposa, como amiga, como empregada, como patroa… como mulher. Até que horas podemos estar nas ruas? Aprendemos a nos esquivar. Fizemos concessões porque fomos educadas assim. Mas, nós que somos vítimas! “Ah, mas se estivéssemos usando outra roupa?” Definitivamente a culpa não é do que estamos usando! A culpa é dessa atitude constrangedora e de dois pesos e duas medidas.

Somos livres!

Eu, como cantora, ciente do meu papel e da responsabilidade que carrego, sentia que precisava dizer isso a vocês, meus fãs, e a todas as pessoas, em especial às mulheres, que longe do olhar público sofrem todos os dias.”

Fonte: R7