‘Nunca saí do ES’, emociona-se selecionada para intercâmbio

As 130 vagas de intercâmbio estão distribuídas em: 40 bolsas na modalidade High School, 80 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Inglês e 10 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Espanhol

A estudante Tatiana Pimenta, de 15 anos, se emocionou ao saber que foi selecionada para ficar cinco meses no Canadá (Foto: Paulo Cordeiro/TV Gazeta)
A estudante Tatiana Pimenta, de 15 anos, se emocionou ao saber que foi selecionada para ficar cinco meses no Canadá (Foto: Paulo Cordeiro/TV Gazeta)

Por Juliana Borges e Daniele Carielo, G1 ES

“Nunca saí do Espírito Santo”, disse, emocionada, a estudante Tatiana Pimenta, de 15 anos, após saber que está na lista de selecionados para o programa Intercâmbio Sedu 2018, divulgada nesta quinta-feira (22).

Tatiana e mais 129 alunos do Centro Estadual de Idiomas (CEI) de seis municípios do Espírito Santo foram selecionados pelo governo do estado para participar de um intercâmbio no Canadá, nos Estados Unidos, na Inglaterra ou no Chile.

Sedu divulga lista de selecionados do ES para intercâmbio fora do país
Sedu divulga lista de selecionados do ES para intercâmbio fora do país

As 130 vagas de intercâmbio estão distribuídas em: 40 bolsas na modalidade High School (para estudantes com idade entre 15 e 16 anos), 80 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Inglês (para estudantes maiores de 17 anos cursando inglês) e 10 bolsas na modalidade Curso Intensivo de Espanhol (para estudantes maiores de 16 anos cursando espanhol).

“Tô muito feliz, agora tenho que correr atrás dos documentos para ir, não tenho nem passaporte”, contou.

O estudante Gabriel Vieira Miranda, de 18 anos, tenta entrar no programa há três anos e nesta quinta-feira finalmente comemorou a aprovação. Ele vai para a Inglaterra. “Era uma coisa que eu queria muito. Eu vejo como uma oportunidade de praticar mais o inglês e ajudar outras pessoas no futuro”, falou.

A mãe dele, a vendedora Angélica Vieira Miranda, também comemorou a vitória do filho. Ela contou que nunca teria condições de pagar os estudos de Gabriel fora do país.

“Não sei como vai ser ficar sem meu filho, ele é o meu grude, meu menino, mas vou me acostumar. Sei que é muito importante pra ele, uma oportunidade que eu nunca poderia dar por mim mesma. Sou trabalhadora, mas pela minha renda não daria”, explicou.

Como funciona

Durante o intercâmbio, os estudantes irão desenvolver a fluência na língua inglesa ou língua espanhola aperfeiçoando as habilidades de compreensão e produção oral e escrita por meio da exposição direta à língua.

Na modalidade High School, os alunos serão contemplados com estudos acadêmicos em escola de ensino médio do país de destino, por cerca de cinco meses, referente a um semestre acadêmico completo conforme o calendário da escola; residência em casa de família estrangeira, devidamente cadastrada no programa de intercâmbio da agência contratada, incluindo duas refeições diárias; Seguro saúde, vistos consulares, ajuda de custo, emissão de passaporte e passagens aéreas.

Já na modalidade Curso Intensivo, eles serão contemplados com estudos de aprofundamento na língua em instituição especializada, por cerca de três meses; residência em casa de família estrangeira, devidamente cadastrada no programa de intercâmbio da agência contratada, incluindo duas refeições diárias; Seguro saúde, vistos consulares, ajuda de custo, emissão de passaporte, passagens aéreas e vale transporte para locomoção no período do curso.

Tarefas

Para participar do programa, os estudantes selecionados também possuem algumas tarefas a desenvolver:

  • Devem representar com responsabilidade os estudantes das escolas públicas estaduais do Espírito Santo no exterior;
  • Compartilhar com os demais estudantes do CEI os aprendizados, as experiências e os conhecimentos vivenciados;
  • Desenvolver um projeto com temática relacionada à cidadania, diferenças e similaridades socioculturais, meio ambiente, inovação, globalização, empreendedorismo com responsabilidade social, ou outros temas relevantes acordados com suas escolas, com vistas a compartilhar e difundir aspectos da experiência vivenciada com a comunidade escolar.