Confira a entrevista completa com Valézio Armani, Secretário Municipal de Obras de Barra de São Francisco

Após um ano da administração do Prefeito Alencar Marim, o SiteBarra conversou com  Valézio Armani, Secretário de Obras e Serviço da prefeitura municipal de Barra de São Francisco.

Mazinho do Hospital conversou com o secretário sobre vários assuntos.

Os vídeos foram gravados no dia 19 de janeiro de 2018.

Secretário de obras e serviços da prefeitura de Barra de São Francisco, Valézio Armani, qual o motivo que não foi feita a limpeza dos rios?

Na sequência as perguntas, porque não conseguiu capinar as ruas da cidade, limpeza do cemitério, sobre coleta de lixo, sobre caminhões de lixo, quais os projetos da secretaria para 2018, falamos também sobre as avenidas da cidade.

Sobre a limpeza das ruas. “Está nos tirando o sono”

 

O cemitério está muito sujo, não tendo condições das pessoas andarem quando vão fazer o sepultamento de um parente, amigo, por que não limparam o CEMITÉRIO.

Muitos insetos ESCORPIÃO E ARANHA estão invadindo as casas próximo ao CEMITÉRIO

As solicitações ou cobranças que faço mesmo não sendo vereador e nem presidente da associação, faço porque gosto de estar ciente dos acontecimentos em nossa cidade, graças a Deus fomos atendidos.

Agradeço ao secretário Valézio por ter CUMPRIDO a promessa de fazer um mutirão e limpar o cemitério que estava há um ano sem limpeza, e que agora seja mantido limpo.

 

Sobre a Coleta Seletiva de Lixo na cidade

 

Sobre as condições dos caminhões de lixo e dos funcionários, vimos em rede social moradores postando fotos de funcionários trabalhando sem os equipamentos necessários, usando caçamba para recolher o lixo.

 

Quais os projetos para ter uma cidade e distritos limpos? 

Quais os projetos já implantados pela secretaria e quais os que serão implantados para solucionar os problemas na cidade e nos distritos?

Sobre os mutirões promovidos pela Secretaria de Obras e Serviços

Valézio Armani compara as críticas que fazia quando foi vereador com as que recebe hoje como secretário