Ser Leve: Como você usa seus olhos?

Quando você faz uma análise é a sua vida ou a do outro que está sob o foco? Não estou falando para você sem antes escrever para mim. Como será legal quando cada um buscar observar-se no espelho, não para admirar-se, mas para se entender e buscar corrigir a si, por dentro e por fora!

Em todo tempo temos a oportunidade e o dever de fazer escolhas, dentre as opções que se apresentam uma está relacionada ao uso dos olhos, e eles dizem muito sobre alguém, transmitem intenções, passam emoções e falam em silêncio.

O que seus olhos buscam encontrar nas pessoas ao redor? Defeitos ou qualidades? Falhas ou acertos? Deficiências ou habilidades? O que satisfaz o seu olhar? Ter bons olhos não significa que eles não verão coisas negativas, mas esse não é seu maior propósito.

Dizer que o mundo precisa que as pessoas olhem umas para as outras com olhar de amor é besteira, é covardia. O mundo não precisa de mais amor, o mundo precisa que eu ame realmente, que meus olhos encontrem outros olhos, o mundo precisa que eu tenha menos autopiedade e mais amor pelos outros. Não estou falando que eu ou você devemos deixar de ter amor próprio, ou que devemos nos anular, mas olhar para o outro com a compaixão e o amor que desejamos para nós!

Ouse olhar para você como ainda não fez, veja quem é você, quais os pontos onde precisa melhorar, ame a si mesmo e não aos seus defeitos e seja honesto com você. Experimente olhar para as pessoas com amor, ame mais, ame de verdade, ame do jeito que você quer ser amado.

———————————————————————————-

Léo Fontes é Designer e apaixonado pela vida. Casado e pai de uma linda menina, ele define: “Ser leve é mais do que estar de bem com a balança.”

Curta Ser Leve: facebook.com.br/CurtaSerLeve
Léo Fontes facebook.com/byleofontes
Veja mais textos Ser Leve aqui no SiteBarra