Água Doce do Norte nas telas da TV nesta sexta-feira(4). Conheça a história e o projeto

sitebarrabarradesaofrancisco14958539_1297796760253003_2133915571_n0Qual a sensação de se ver e ver um pouco de sua história projetada em um filme?

Até algum tempo atrás esta era uma misteriosa pergunta no imaginário popular do Município de Água Doce do Norte, em especial, no Distrito de Santa Luzia do Azul, neste dia 04 de novembro, às 22h30min – na TVE – TV Educativa ES, vinculada à TV Brasil, no Canal 02 na TV Aberta e Canal 04 na Parabólica ou Net – será uma realidade para a população de Água Doce do Norte.

Já, desde o ano de 2013, a população do Distrito de Santa Luzia do Azul, tem vivenciado uma rica experiência com o audiovisual e o cinema, através do Projeto Olhares – Perspectiva para o Desenvolvimento, desenvolvido na Escola Estadual Olegário Martins por meio do Programa do Ministério da Cultura e Ministério da Educação, Mais Cultura nas Escolas, tendo como iniciativa parceira, o cineclubista e cineasta, Luciano Guimarães de Freitas.

sitebarrabarradesaofrancisco14958804_1297796770253002_2128472571_n0

O Projeto desenvolveu um Cineclube na comunidade, que atua exibindo filmes na escola e nas vias públicas, movimentando o cotidiano local. O Cineclube Olegário Martins é filiado ao Conselho Nacional de Cineclubes e Organização dos Cineclubes Capixabas. Além do cineclube, o projeto desenvolveu diversas atividades, desde a produção de um filme “Entre Montanhas”, ao desenvolvimento de atividades de formação cultural, como complemento pedagógico no ambiente escolar.

Luciano, nos traz um relato sobre trajetória do projeto até chegar a este momento, de visibilidade com a apresentação na TVE/ES.

A base de toda a nossa formação social e cultural, foi o Cineclubismo, tudo começou com a nossa participação na 25ª Jornada Nacional de Cineclubes, e a vivência no desenvolvimento de cineclubes no Estado do Espírito Santo.

Depois veio o Projeto Olhares, que surgiu por meio do maior programa de formação e desenvolvimento cultural voltado para a juventude capixaba, o Programa Rede Cultura Jovem, desenvolvido pelo Rede Cultura Jovem através da Secretaria de Estado da Cultura, quando participamos da Formação Agente Cultura Jovem. Como jovem, reafirmo esta participação como fundamental, pois todos os jovens que participaram da formação, estão “bombando” em seus municípios com diversas produções culturais. A formação agente cultura jovem acrescentou significativamente em nosso aprendizado.

Na época, iniciamos em Águia Branca, com o cineclube, e depois com apoio de projetos no Fundo Estadual de Cultura do Espírito Santo, fomos expandindo para a zona rural de Águia Branca, mais tarde para o âmbito regional, chegamos em Água Doce do Norte. O Projeto Olhares está previsto neste dezembro de 2017 para uma apresentação no âmbito nacional, em dezembro, que acontecerá em parceria com a Entidade Difusão Cultural Atibaia, no Município de Atibaia/SP.

A parceria em Água Doce do Norte, só foi possível, por meio da abertura que a Escola nos permitiu, para desenvolver as atividades e inscrever o projeto no Mais Cultura nas Escolas, através da Ex Diretora, Silvia Ferreira Vitorino, e da atual Diretora Lucilene Rodrigues que abraçou o projeto juntamente com os professores e todo o corpo pedagógico da escola. A atual Direção nos deu todo o suporte para qualificar as atividades, sempre aberta ao diálogo e as novidades.

O projeto foi aprovado entre os 5.000 projetos contemplados em escolas por todo o Brasil, e um dos poucos na região. Durante o seu desenvolvimento, na etapa de amostragem e difusão, quando realizamos em parceria com a Universidade Federal do Espírito Santo, uma apresentação no Cineclube Metrópoles, recebendo 80 alunos de municípios do interior do Estado na Mostra de Audiovisual Olhares, nós contamos com participação da Prefeitura Municipal de Água Doce do Norte, com a presença do Prefeito Municipal Paulo Márcio. Neste ano de 2017 estamos visualizando a realização da II Mostra de Audiovisual Olhares, sendo a primeira mostra de cinema do Município.

sitebarrabarradesaofrancisco14971029_1297797003586312_1709977855_o0

Nós entendemos a cultura como catalizadora dos processos de desenvolvimento e reivindicação popular, pois todo o aspecto, seja econômico, ambiental, educacional ou social, perpassa pelo aspecto da cultura. É neste sentido que temos direcionado todos os nossos projetos culturais para o Município de Água Doce do Norte, buscando promover a formação cidadã e uma aprendizagem plural para a população.

Eu cresci tendo acesso a uma sala de cinema, mesmo que pequena, em Barra de São Francisco, hoje está sala já não existe, então vejo no cineclube uma possibilidade de democratizar o acesso ao cinema, formação de público para o cinema capixaba, e um espaço para o desenvolvimento da educação cidadã.

Eu, que cresci indo aos finais de semana para Santa Luzia do Azul, aonde meu pai cresceu e meus avós residiram até o falecimento, tenho um imenso carinho pela comunidade, e hoje, poder retornar as minhas raízes, e contribuir de alguma forma com o Município, é uma satisfação e realização para a minha vida.

Percebo que Água Doce do Norte, possui um grande potencial para o turismo e para a cultura, e que precisa ser desenvolvido, assim como Santa Luzia do Azul poderia ser considerada a nossa “Domingos Martins”, entre alterosas montanhas, paisagens bucólicas e pitorescas, um lugarejo lindo, que por outro lado, parece ter sido esquecido pelos Governos do Estado nos últimos anos, pois lá não chegou o prometido asfalto ou a torre de celular, e isto além de outras situações, dá uma sensação de isolamento social.

sitebarrabarradesaofrancisco14958457_1297797723586240_1792370021_n0

Poder contribuir com a formação dos jovens do local, contribuir com o desenvolvimento cultural e social do Município, este é o nosso sonho. E a partir destas atividades pontuais, que só estão sendo possíveis, por meio da abertura da escola, a participação da comunidade e dos estudantes, e o apoio local, sim, estamos de forma compartilhada fazendo algo que pode contribuir significativamente, para mudar perspectivas, fomentar transformações. E é isso que me encanta com o audiovisual e com o cineclube, o encontro de ideais e das pessoas, a sensação de pertencimento que nos causa quando podemos ver ao invés do “homem aranha ou super man”, ver heróis anônimos, pessoas simples, história e memórias tão lindas, nas telas, seja nos cineclubes, seja na tv. Neste sentido, gostaria de na oportunidade, agradecer ao Programa Curta Vídeo da TV Educativa, pela oportunidade apresentar este trabalho e obra audiovisual.

Nesta produção do filme “Entre Montanhas”, uma pessoa com um olhar mais treinado, vai perceber, que não buscamos um plano de filmagem perfeito, ou um áudio 100%, demos as orientações técnicas e deixamos os participantes da Oficina de Produção Audiovisual do projeto, brincarem e se divertirem, não queríamos formar cineastas, mas apenas democratizar o acesso as novas tecnologias de produção, produzindo um filme com uma câmara fotográfica e celulares. Foi fascinante durante a produção abordar temáticas sociais, resgatar a memória e identidade local através do cinema, e contagiante exibir o filme no cineclube promovendo intensas ressignificâncias, sim, é neste audiovisual e processo sócio cultural, que acreditamos.

sitebarrabarradesaofrancisco14962503_1297797626919583_350736594_n0

Quero agradecer a toda comunidade, a Escola Olegário Martins e todos os funcionários, na pessoa da Diretora Lucilene Rodrigues, assim como a Prefeitura Municipal na pessoa da Secretária Municipal de Educação e Cultura, e a todos, que contribuíram para a realização deste projeto. E a TVE que tem dado esta oportunidade para audiovisual e cinema capixaba, pela abertura para mostrarmos um pouco da identidade e da cultura no interior do ES.

Certamente, este é só um começo. Água Doce do Norte, pode muito mais!

Há diversos cineclubes no território noroeste.

Água Doce do Norte: Cineclube Olegário Martins

Vila Pavão: Cineclube Pavãozinho

Nova Venécia: Cineclube Bonfim

Mantenópolis: Cineclube Sr Manoelzinho

Águia Branca: Cineclube Eco Social

São Mateus: Cineclube Porto

Alto Rio Novo: Cineclube Alto Cine

Barra de São Francisco: Cineclube Imagem em Movimento

E no Estado, as Entidades Representativas do Movimento Cineclubista, a Organização dos Cineclubes Capixabas no âmbito Estadual, e a Associação de Cineclubes de Vila Velha.

No Brasil, existe o Conselho Nacional de Cineclubes, que representa o Movimento Cineclubista Brasileiro.

Também, o Estado do Espírito Santo, está representado na Federação Internacional de Cineclubes, pelo Capixaba e cineclubista, Antônio Claudino de Jesus, francisquense, filho do primeiro farmacêutico de Barra de São Francisco, Sr. Euclides.