Vaqueiro acusado de estuprar menina em Barra de São Francisco é procurado pela polícia

A polícia militar de Barra de São Francisco está à procura de um vaqueiro, acusado de estuprar uma menina no interior de Vila Paulista, distrito de Barra de São Francisco, neste sábado, 02 de julho de 2016.

Segundo informações, o homem, utilizando uma faca, ameaçou matar os pais da menina, caso contasse o fato ocorrido.

A polícia militar foi acionada para comparecer ao local. De acordo com informações, a menina chegou em casa chorando, muito assustada e ao ser ser questionada sobre o que tinha ocorrido, informou que o vaqueiro que trabalha para seus pais havia lhe estuprado.

O vaqueiro chamou a menina para ajudá-lo a fechar algumas porteiras da fazenda. Inocentemente, a menina foi e quando se distanciou da fazenda, o acusado, de posse de uma faca, disse que era para ela tirar a roupa e em seguida a estuprou e após algum tempo, o vaqueiro a liberou e disse que era para ela não contar a ninguém o que havia acontecido, pois estaria vigiando-a o tempo todo.

A vítima foi conduzida para o Pronto Socorro de Barra de São Francisco para as devidas providências.

A polícia tentou localizar o vaqueiro, que fugiu e ainda não foi localizado.