Secretaria Estadual de Saúde cancela processo seletivo

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) tornou sem efeito o edital 001/2015, que foi publicado no Diário Oficial da última (13). A seleção previa o preenchimento de 539 vagas em cargos de níveis superior e técnico.

De acordo com informações da Sesa, o motivo da decisão foi baseada no cronograma de nomeações que está sendo implementado pela pasta.

O Governo tem um cronograma para nomear os aprovados nos concursos públicos já realizados, seguindo a meta definida no Planejamento Estratégico para reduzir, gradativamente, o quantitativo de contratações em designação temporária por profissionais efetivos. Só neste ano, já foram nomeados 362 candidatos aprovados no último concurso da Saúde.

Conforme o edital publicado no início da semana, as inscrições já estariam com o prazo aberto. A remuneração para os cargos de nível técnico era de R$ 2.173,60, enquanto que para de nível superior variava de R$ 4.232 a R$ 5.542,68.

As vagas eram para profissioanis de nível superior: assistente social, biólogo, contador, enfermeiro, engenheiro civil, engenheiro clínico, engenheiro eletricista, engenheiro de segurança do trabalho, farmacêutico, farmacêutico bioquímico, fisioterapeuta, médico (diferentes especialidades), médico regulador, nutricionista, cirurgião bucomaxilofacial (formação em odontologia), psicólogo, químico, terapeuta ocupacional, veterinário. Já para os cargos de nível técnico eram de técnico em enfermagem, técnico em laboratório, técnico em órtese e prótese e área administrativa.