‘Outubro Rosa’ vira prato cheio para oportunistas de plantão

Para um bom oportunistas, uma boa ‘onda’ é sempre uma ótima chance de ‘pegar uma carona’.

Com o ‘Outubro Rosa‘ não é diferente. Já parou para ver a quantidade de pessoas que dizem “apoiar” a causa?

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

É impressionante a quantidade de pessoas que usam da campanha para tentar promover suas empresas, marcas, produtos, etc. Alguns, na maior ‘cara de pau’, colocam até usas fotos em um fundo rosa e pronto, já estão apoiando.

Muitos não sabem nem do que se trata, mas já que é o assunto do momento, é uma boa ‘compartilhar’ algo que mostre seu nome a essa campanha.

O movimento começou a surgir em 1990 na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, e desde então, promovida anualmente na cidade. Entretanto, somente em 1997 é que entidades das cidades de Yuba e Lodi, também nos Estados Unidos, começaram a promover atividades voltadas ao diagnóstico e prevenção da doença, escolhendo o mês de outubro como epicentro das ações. Hoje o Outubro rosa é realizado em vários lugares do mundo.

Políticos não ficam de fora. Uma foto ao lado de um laço rosa já é o bastante para ele compartilhar e ter algumas centenas de curtidas nas redes sociais – na maioria das vezes por seus ‘puxa sacos’.

Aprendizes de design gráfico – aqueles que aprenderam fazer uma ‘montagenzinha’ que viram na internet, já antecipam suas ‘campanhas’. Antes mesmo de outubro entrar, já tem uma imagem rosa com sua ‘fotinha’ circulando nas redes.

Assim como o Natal, Dia das Mães, Namorados, Páscoa e até o Halloween, o mês dez entrou no planejamento anual de marketing de algumas empresas como forma de oportunidade. Eu chamo isso de marketing de oportunismo.

Enquanto instituições sérias, que desenvolvem projetos completos de combate ao câncer, ganham notoriedade durante o mês da campanha, outras empresas oportunistas trocam a lâmpada da fachada e entram na maré de empresa socialmente bacana. É errado? Não, não é. Não existe nenhum selo que fiscaliza ou regulariza o Outubro Rosa. 

Não se iluda, Novembro Azul vem ai e pode ter certeza, os oportunistas estão prontos para entrar em ação. Quando se deparar com um, pergunte pelo menos o que ele fez para ajudar no diagnóstico e prevenção da doença.