Crise? vivemos como se tudo estivesse às mil maravilhas

Feriado prolongado chegou e basta uma rápida espiadinha na TV e você perceberá que o termo crise  ou não existe no Brasil ou está sendo mal empregado. Aeroportos lotados, hotéis sem vaga, trânsito congestionado nas principais cidades do país, principalmente com destino ao litoral.

Outra espiadinha rápida no Facebook e verá que a grande maioria dos seus amigos não estão nem ai pra essa tal de crise. A cada dez, pelo menos nove postam fotos em praias, piscinas, churrascos, festas, etc. Bom, se a crise realmente existe, ela deve ter passado longe do Brasil.

Vendo tudo isso, pensamos: Ou tá todo mundo mentindo e essa tal de crise não existe; ou o brasileiro é muito esperto, pra driblar a crise e fingir que tudo está as mil maravilhas.

Talvez ela – a crise – até exista, mas te garanto, ela é pra poucos. A grande maioria pega carona e aproveita para fazer aquilo que o brasileiro sempre foi muito bom em fazer – reclamar!

Reclamam do governo, reclamam do salário, do patrão, do vizinho, do amigo, do relacionamento, reclamam de tudo. Mesmo quando está bom, reclamam, assim não perdem o costume.