Forte chuva alaga ruas e causa deslizamentos na região

Uma forte chuva atingiu o município de Colatina, nesta segunda-feira (23), deixando várias ruas alagadas e provocando deslizamentos de terra. De acordo com a Defesa Civil Municipal, apesar dos estragos, não há registros de vítimas.

O temporal começou por volta das 15h e foi acompanhado de muita ventania. A rodovia entre Colatina e Marilândia ficou parcialmente interditada por uma hora, porque um bambuzal foi derrubado pela força do vento.

Rua inundada no Centro de Colatina (Foto: Mayara Mello/ TV Gazeta)Rua inundada no Centro de Colatina

De acordo com a Defesa Civil, há registros de deslizamentos de terra nos bairros Bela Vista, São Diego e Córrego do Ouro. As ruas do Centro, principal área de comércio do município, ficaram alagadas. À noite, quando a intensidade da chuva diminuiu, comerciantes foram até as lojas para limpá-las. As ruas do bairro Santa Mônica também ficaram cheias de água.

“A Defesa Civil de Colatina está de plantão na cidade, percorrendo os bairros e atendendo aos chamados de moradores. Sempre que recebemos alguma informação, vamos ao local para ajudar e orientar”, disse o coordenador da Defesa Civil, Valmir Rogério, na noite desta segunda-feira.

São Gabriel da Palha
A rua Sete de Setembro, no Centro de São Gabriel da Palha, também região Noroeste do estado, ficou alagada na tarde desta segunda-feira (23). Choveu na região desde às 8h.

Segundo o coordenador da Defesa Civil do município, Victor Barcellos, a região do Centro normalmente acumula água. “Por conta de falta de drenagem, quando chove forte essa rua normalmente alaga. A rua até tem drenagem boa, mas não é das melhores”, comentou.

Ainda segundo Barcellos, a rua tem muito comércio e apesar da água entrar nas lojas, os comerciantes, acostumados com as inundações, conseguiram salvas muitas mercadorias.

Rua alagada no Centro de São Gabriel da Palha (Foto: Wrsula Machado/ VC no ESTV)Rua alagada no Centro de São Gabriel da Palha (Foto: Wrsula Machado)

Chuva em Ecoporanga, no Espírito Santo (Foto: Erick Silva Ribeiro/ VC no G1)Chuva em Ecoporanga, no Espírito Santo (Foto: Erick Silva Ribeiro)