Técnico em enfermagem é preso suspeito de agredir a mãe, no ES

Vítima explicou que filho é usuário de drogas.
Ele não pagou fiança e foi levado para o Centro de Triagem de Viana.

 

Um técnico em enfermagem de 34 anos foi preso após agredir a própria mãe, uma manicure de 55 anos, por volta das 16h desta quarta-feira (26), no bairro Nova Brasília, em Cariacica, na Grande Vitória. De acordo com a vítima, o filho é usuário de crack. O detido negou as agressões, mas admitiu que estava sob efeito de drogas. Ele foi autuado por agressão e ameaça, e levado ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde ficará preso.

Em depoimento prestado no Plantão Especializado da Mulher (PEM), a vítima contou que o filho, usuário de crack, mora em uma quitinete que ela é dona, embaixo de sua casa. Durante a madrugada, ele chegou alterado à residência e começou a quebrar pertences, vidros das janelas e as portas do local. Ela resolveu descer para pedir ao filho que parasse de danificar o imóvel.

Porém, assim que ela entrou no imóvel, o técnico em enfermagem partiu para cima da vítima, a segurou forte pelo pescoço e jogou ao chão, machucando a perna e o braço da manicure. Neste momento, o outro filho da vítima, um auxiliar de expedição de 30 anos, e o marido dela chegaram e seguraram o rapaz e o imobilizaram.

No chão, ele ainda afirmou que voltaria e quebraria a casa e o rosto da mãe. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local deteve o técnico em enfermagem. Ele foi encaminhado ao PEM, junto com a mãe e o irmão. Em depoimento, ele afirmou que a casa é dele e estava apenas descontando a raiva nos objetos. Ele ainda negou as agressões à mãe e disse que estivesse sob o efeito de drogas.

O técnico em enfermagem foi autuado por agressão e ameaça. Foi arbitrada fiança de R$ 1,2 mil pela delegada de plantão. Como ele não teve condições de pagar, foi levado ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde ficará preso.