Secretária Municipal de Educação de Barra de São Francisco, Luciléia Fiorotte, pede demissão. Veja quem deve assumir a vaga



SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+IMG_6136Como o SiteBarra antecipou há exatamente dois meses, a Secretaria Municipal de Educação estava prestes a passar por mudanças em sua chefia. A Secretária Municipal de Educação de Barra de São Francisco, Luciléia Fiorotte, encaminhou um ofício nesta sexta-feira, 14 de março de 2014, ao prefeito Luciano Pereira (DEM), pedindo demissão do cargo, alegando motivos particulares.

O pedido de demissão não surpreendeu muita gente, que aguardava apenas o pronunciamento oficial.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+lucileia-fiorotti-e-claudemar-fiorotti0Luciléia é esposa do Fiscal da Receita Estadual, Claudemar Fiorotte, que no ano passado “emprestou” o prédio do antigo Colégio Santa Terezinha para a prefeitura municipal. No prédio hoje funcionam algumas secretarias. O empréstimo foi por comodato, com vencimento em 31 de dezembro de 2013, ou seja, desde 1 de janeiro de 2014, não foi informada a situação desse prédio, se continua “de graça” para a prefeitura ou se um projeto de aluguel do espaço será enviado à Câmara Municipal com data retroativa. A saída de Luciléia da secretaria seria exatamente para justificar e legalizar o provável contrato de aluguel.

Outras duas possibilidades já estão sendo cogitadas nos bastidores.Uma seria a compra do prédio pela prefeitura municipal. O prefeito tem como justificativa de que as secretarias já estão funcionando no local.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+Mai12-UN-Foto-05.03.12-G50-300x217Outra possibilidade seria uma troca, isso mesmo, uma troca. Segundo informações do meio político, Luciano estaria disposto a trocar a área em frente a rodoviária pelo prédio do antigo colégio.

Independente da opção escolhida, o projeto deve passar pela câmara de vereadores para aprovação. O comentário é que, tudo que o prefeito enviar para a câmara passará, já que, além dos aliados, Luciano já ‘colocou no colo’ também alguns vereadores da oposição. Com isso, o prefeito tem a maioria para aprovação dos projetos e, os vereadores que foram agraciados com “vagas de emprego” não têm coragem de contrariar o prefeito.

Luciléia Fiorotte

Escolhida a dedo pelo prefeito Luciano Pereira, Luciléia Fiorroti desde o início não queria a vaga. Sempre trabalhou na Educação e já foi secretária na administração de Edinho Pereira.

Fez um bom trabalho no tempo que ficou à frente da pasta, sendo elogiada por professores e profissionais da Educação. Mulher inteligente e firme, deixa a secretaria estruturada para quem for assumir.

Quem perde com a saída de Luciléia, além do município, é o prefeito Luciano Pereira, que terá a difícil tarefa de escolher um substituto a altura. Com poucas opções, corre o risco de colocar no cargo alguém mais político que técnico, como já acontece na maioria das secretarias de sua administração.

Quem entra no lugar de Luciléia?

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+mulinha-e-admilson-brum0-300x209A vaga deixada por Luciléia já tem alguns pretendentes. O vereador Mulinha (PTB) é apontado como a primeira opção do prefeito. Mulinha já foi convidado, mesmo sem Luciléia saber, no início deste ano. Com a saída dele, Luciano ganha outro aliado dentro da Câmara, pois quem assume é o radialista Admilson Brum (PP), suplente da legenda. Mulinha negou que deixaria de ser vereador para assumir a secretaria, mas a proposta de janeiro para março pode ter melhorado.

A escolha vai além dessa vaga. Em junho tem eleição para presidente da câmara. Mulinha tem vontade de ser presidente e é preferido de Edinho Pereira, mas terá que derrubar Emerson Lima (PP), que tem o apoio do prefeito.

Fora da ‘panela’, informações dão conta de que o ex-Superintendente Regional de Educação, Aldair Antônio Rhein, pode assumir a vaga de Luciléia. Aldair já faz parte do quadro de funcionários no município e tem a confiança do prefeito.

O prédio e o misterioso empréstimo

Até hoje muita gente se pergunta o motivo de tanta bondade em “emprestar” um prédio para a prefeitura municipal. Os interesses vão além de uma boa relação com o prefeito municipal. Claudemar Fiorotte, que já foi vereador em Barra de São Francisco, é tido como esperto e fez uma grande jogada ao ceder o prédio. Entenda tudo clicando aqui.

SiteBarra+Barra+de+Sao+Francisco+DSC004277x

 

 Nota de Esclarecimento

Luciléia enviou também uma nota de esclarecimento aos professores e ao prefeito municipal. Veja abaixo:

Eu, Luciléia Dias Ferreira Fiorotte, venho esclarecer a população  Francisquense e principalmente aos profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino de Barra de São Francisco, que estou me afastando da função de Secretária Municipal de Educação, nesta sexta-feira dia 14/03/2014, por motivos pessoais de caráter familiar.

Agradeço ao excelentíssimo Prefeito Luciano Henrique Sordine Pereira, pela oportunidade e confiança em meu trabalho, e acrescento que sempre acreditei nesta administração e em seu potencial político.

Agradeço ainda a Câmara de Vereadores que não faltou em nenhum momento com seu apoio.

A toda equipe da SEMEC despeço-me da função com meu coração grato pelo empenho e trabalho; da mesma forma a todos os que exercem  cargos de assessoria (Diretores, Coordenadores, Pedagogos e demais).

Desejo ao futuro Secretário (a) Municipal de Educação, êxito no exercício de suas funções, que com certeza contribuirá com a administração do Prefeito Luciano Pereira, buscando o desenvolvimento e progresso de nossa querida cidade.

Barra de São Francisco, 14 de março de 2014. 

Luciléia Dias Ferreira Fiorotte

Professora

sitebarra nota d esclarecimento lucileia fiorotti barra de sao francisco secretaria educacao