Moradores se unem, fazem “vaquinha” e deixam prefeito e vereador com “cara de tacho” no Rio do Campo

camatinha1Moradores do Rio do Campo, interior de Barra de São Francisco deixaram o prefeito Luciano Pereira (DEM) e o vereador Emerson Camatinha (PSB) em um situação nada confortável. Os moradores se uniram e fizeram uma “vaquinha”, para arrecadar dinheiro para recuperar as estradas daquela localidade.

Os moradores contrataram máquina e caminhão e consertaram as estradas que se encontravam em péssimo estado de conservação, com buracos e valetas para todos os lados. O vereador Camatinha, que diz ser o representante da região, prometeu levar as máquinas da prefeitura para fazer o serviço, inclusive, marcou dia e hora, acontece que o dia e hora marcada ele não apareceu no local e muito menos máquinas da prefeitura.

Chateado com a situação um dos moradores foi ao encontro de Camatinha e ao chegar a casa dele, o encontrou dormindo, foi ai que ele ouviu desaforos e foi chamado de irresponsável e mentiroso. A situação de Camatinha na região de Vermelha é tão ruim que até o escritório na sede do distrito ele fechou.

Moradores dizem que o prefeito Luciano, desde que foi eleito, não colocou mais os pés naquela região. No ano passado quem ouviu desaforos na mesma localidade foi o vice-prefeito Matheus Veterinário, ele que foi representar o prefeito em uma reunião na localidade e acabou tendo que voltar para casa com a triste decepção, pois não foi bem aceito por lá.

“Queremos é a presença do prefeito, uma hora ele vai aparecer aqui, ele também vai ouvir desaforos, assim como estou sabendo que ele ouviu em Monte Senir recentemente”, disse um morador.

Para a população da localidade, a sensação é de desprezo, pois há vários anos estão abandonados. Nem mesmo quando o prefeito era Waldeles e eles tinham vereador da l0ocalidade conseguiram a atenção merecida. Entra prefeito e sai prefeito, e tudo fica como está. Antes era Saulo e Waldeles, agora é Camatinha e Luciano, parece que são todos farinha do mesmo saco.