Motorista gastou R$ 12,6 mil para rodar com o carro em 2013

SatelliteNa hora de comprar um carro, muita gente não leva em conta as despesas que vai ter para rodar no dia a dia. Avalia se o valor da prestação cabe do bolso e faz o negócio. É um erro.
Manter o carro tem um custo alto e se isso não for levado em conta o consumidor terá problemas no futuro. Se o motorista não fizer uma previsão de gastos, vai deixar de fazer a manutenção preventiva e, como consequência, terá um gasto maior quando o carro quebrar.
Assim, o correto é fazer uma previsão dos gastos que você terá para rodar com o carro e fazer a manutenção preventiva. Segundo dados da Agência AutoInforme, parceira do WebMotorsque faz o levantamento de todos os itens usados pelo motorista para a composição da Inflação do Carro, o motorista gasta R$ 1.054 por mês para manter o seu carro, ou R$ 12.648 no ano.
Nesse número não está incluído o valor da prestação da compra do carro, mas apenas as despesas que o motorista tem para rodar, que são divididas em cinco itens: combustíveis, impostos (de circulação), seguros peças e serviços.
O combustível é o maior gasto que o motorista tem no dia a dia. Álcool e gasolina representam 29,11% do total das despesas, o que significa R$ 306,89 por mês.
A segunda maior despesa do motorista é com os serviços automobilísticos. Nesse item estão incluídos não apenas os serviços de oficina, como o balanceamento, alinhamento, revisão etc, mas também as despesas com estacionamento e lavagem do carro.
As peças de reposição, que muitas vezes são consideradas o grande gasto do motorista, representam apenas 17,38% das despesas. Quer dizer: com um gasto de R$ 183,25 por mês o motorista compra todas as peças necessárias para fazer a manutenção do carro, desde pastilha de freio e palheta do limpador de para brisa até equipamentos como o jogo de pneus, a embreagem e o sistema de suspensão.
Outra despesa pesada é o seguro total do veículo, calculado em R$ 229,73 por mês, o que representa 21,79% de todos os gastos que o motorista tem com o carro (veja tabela), conforme dados da Inflação do Carro referente ao mês de setembro de 2013.
Quanto o motorista gastou em 2013 para andar de carro e fazer a manutenção
 
Combustíveis                                   29,11%                 R$ 306,89
Peças                                                   17,38%                 R$ 183,25
Serviços                                              27,34%                 R$ 288,26
Imposto                                              4,39%                   R$ 46,23
Seguros                                              21,79%                 R$ 229,73
Fonte: Inflação do Carro da Agência AutoInforme