Homem conhecido como “Pastor” comete suicídio no presídio de Barra de São Francisco

Nesta manhã de domingo, o presidiário Nildo Gomes dos Santos, 42 anos, conhecido como pastor, cometeu suicídio p0r enforcamento na unidade prisional de Barra de São Francisco.

Nildo era de Ecoporanga e cumpria pena em Barra de São Francisco, o mesmo foi encontrado pendurado por um lençol na grade da cela, quando um agente levava iria entregar sua refeição.

Segundo informações, Nildo tinha o apelido de pastor pois era o pregador dos presos, ele também tomava bastante remédios controlados.